0 Gostar
Guardar

Os melhores restaurantes de praia perto de Lisboa

Porque amanhã é feriado e o termómetro vai trepar aos 30 graus. Celebre a implantação da República como se impõe: à beira-mar plantado e frente a um bom prato

Fotografia: Arlindo Camacho
Um roteiro que cria água na boca

O melhor que se come nesta terra chega do mar, mas para comer bem é preferível não chegar muito perto dele. Restaurante onde dá para ir ao banho é, muitas vezes, sinónimo de banhada, porque quem serve com boas vistas acha que o resto é paisagem, toma o cliente por garantido e pouco cuida do que serve e da qualidade do serviço. Da Comporta à Ericeira, passando pela Linha, fomos à procura dos melhores restaurantes espalhados pela costa. E percebemos que, felizmente, são cada vez mais as excepções que contrariam a regra. 

Os melhores restaurantes de praia perto de Lisboa

Azenhas do Mar - Azenhas do Mar, Sintra

Azenhas do Mar - Azenhas do Mar, Sintra

Tem lugar cativo no nosso guia de melhores restaurantes, e não é só porque a vista sobre a piscina e a praia das Azenhas do Mar é espectacular: da cozinha, saem alguns dos melhores petiscos de Verão, daqueles pelos quais toda a gente saliva ao fim de um longo dia de praia. Molhe o pão sem vergonha no molho apurado das amêijoas à Bulhão Pato (17€), lamba os dedos depois de comer os camarões fritos (13,50€) à mão – aterram na mesa semidescascados para lhe facilitar a vida –, prove um bocadinho de mar com os percebes (13,50€/dose) sempre fresquíssimos, apanhados pelo proprietário, que também é mergulhador profissional, ou atire-se à salada de polvo (8,50€) sem medos: em momento algum lhe fará lembrar uma pastilha Gorila. Se picar não lhe parece suficiente para repor as energias, também há pratos mais elaborados (e pesados), como massada de corvina com gambas (35€), carabineiros com arroz de alho e coentros (37€) ou – atenção lambões – um chuletón com batatas fritas (40€/duas pessoas).

Azenhas do Mar, Colares. 21 928 0739. Seg-Dom 12.30-23.00.

Bar do Fundo - Praia Grande, Sintra

Bar do Fundo - Praia Grande, Sintra

Não tem nada que enganar: quando chega à Praia Grande, o Bar do Fundo é aquele lá ao fundo. No ano passado, deixou de ser uma barraquinha de madeira que só funcionava no Verão, para se transformar num restaurante à séria, aberto o ano inteiro e com opções para as quatro estações (no Inverno, por exemplo, acende-se a lareira, bebe-se chocolate quente e come-se cozido à portuguesa). Mas não se deixe intimidar pelo aspecto mais imponente da coisa nem pelos pratos pesados como o peixe assado no forno (por encomenda), a posta mirandesa (30€/duas pessoas) ou o risotto de lavagante (22€): pode continuar a entrar pelo Bar do Fundo adentro com o cabelo molhado e os pés cheios de areia, pode pedir sanduíches, saladas e petiscos como as gambas al ajillo (16€), as ameijoas à Bulhão Pato (18€) ou os mexilhões à espanhola (14€), e pode ir só beber um copo. O que não pode é perder o pôr-do-sol, altamente instagramável.

Avenida Alfredo Coelho, Praia Grande. Todos os dias 10.00-02.00.

Bar do Guincho - Praia do Guincho (Abano), Cascais

Bar do Guincho - Praia do Guincho (Abano), Cascais

Cantavam os Biquini Cavadão, banda brasileira com um dos melhores nomes de sempre: “Vento, ventania me leva para as bordas do céu/ Pois vou puxar as barbas de Deus”. A praia preferida dos cascaenses tem vento, tanto vento que dá vontade de puxar as barbas de Deus. É o Guincho, e o que lhe vale é o restaurante de aspecto rústico com quase 30 anos no lado do Abano. Faça chuva ou faça sol (quase sempre acompanhados de uma senhora ventania, lá está), há tostas mistas com ovo estrelado (8€), saladas de presunto e queijo de cabra (12€), hambúrgueres clássicos ou bifes para absorver os sumos de fruta natural (4€), a sangria de espumante (18,50€) e as imperiais fresquinhas. Se lhe calhar o Totoloto – que é como quem diz, se apanhar um dos poucos dias do ano em que não há nortada – desça a passadeira de madeira e instale-se no bar da praia, montado em cima das dunas e com vista sobre o areal, o mar e a serra de Sintra. Está aberto até Setembro com serviço de apoio à praia.

Praia do Guincho – Estrada do Abano 547, Cascais. 21 487 1683. Dom-Qui 09.00-01.00. Sex-Sáb 09.00-03.00.

Bar do Peixe - Praia do Moinho de Baixo, Meco

Bar do Peixe - Praia do Moinho de Baixo, Meco

Para comer lapas grelhadas com manteiga de alho não é preciso apanhar um avião para os Açores ou para a Madeira. A meia hora – de carro – de Lisboa, o Bar do Peixe serve a especialidade numa frigideira a ferver e com pão torrado a acompanhar, como manda a tradição (15€). Há outros petiscos, como casco de sapateira recheado (14,50€), saladinha de ovas (8€), cadelinhas (15€) e canivetes (15€) e marisco que nunca mais acaba (para todas as carteiras), mas vá pelo nome do restaurante e peça peixe, peixe fresco, peixe do mar, peixe que é grelhado e temperado no ponto pelo proprietário Jorge Sousa. Se é do tipo conservador, acompanhe com vinho branco, fresquinho. Se é mais arrojado, experimente as afamadas caipiroscas (5€), que condizem na perfeição com o ambiente que se monta ao fim do dia, com música alta e gente estendida na areia à espera que o sol se ponha.

Praia do Moinho de Baixo, Aldeia do Meco. 21 268 4732. Seg, Qua e Qui 11.00-20.00. Sex-Dom 11.00-00.00.

Batalha do Areal: Villa Tamariz Utopia vs. Reverse Pool & Beach Lounge, Praia do Tamariz, Estoril.

Batalha do Areal: Villa Tamariz Utopia vs. Reverse Pool & Beach Lounge, Praia do Tamariz, Estoril.

O Tamariz está diferente, com dois novos restaurantes a chamar a atenção dos veraneantes. E o vencedor é...

O restaurante La Villa deixou saudades entre os cascaenses, estorilenses e linhenses em geral. Se entre eles há amantes de arroz, prestem atenção ao que lhes temos para dizer: o palacete amarelo que nos anos de ouro do Estoril era um luxuoso salão de chá foi ocupado no arranque deste Verão pelo Villa Tamariz Utopia, que na lista pôs 17 tipos de arroz diferentes. Ora salive connosco: arroz de carabineiro, espargos, alho assado e amêndoas (46€/duas pessoas), arroz de pato, na paella, mas com sabor de Portugal (35€) e arroz malandro de polvo (17€) são alguns exemplares. A lista não se fica pelos arrozes, mas se é de praia que falamos, o melhor é saltarmos para as opções mais ligeiras (não o queremos ver à seca três horas antes de ir ao banho): para o pequeno-almoço, há, por exemplo, pudim de sementes de chia, coco, gengibre e fruta (5€) e smoothie de frutos vermelhos (6€). Ao almoço, escolha entre uma sopa fria – como o Bloody Mary de marisco ou a de amêndoa e alho (ambas 4€) – um hambúrguer ou uma salada.

Praia do Tamariz, Estoril. 91 012 7990. Seg-Dom 10.00-20.00.

Vs.

Se este artigo não é sobre hotéis de luxo nem sobre a nova loja da Colunex, porque havemos de falar em camas king size? Porque na praia e na piscina do Tamariz há agora espreguiçadeiras familiares (para até quatro pessoas) com colchões confortáveis onde é possível ficar estendido enquanto saboreia pratos mediterrânicos ou japoneses. No novo restaurante do Reverse Pool & Beach Lounge, o chef Francisco Revez prepara pratos como sopa rica do mar (5,90€), arroz malandrinho de peixe e gambas (15€) ou a monumental Travessa Terra e Mar (59€/duas pessoas), com lagosta, gambas, filet mignon, picanha, lombinho de porco, ananás e três molhos. Já o sushiman Djohnson faz experiências curiosas com peixe cru, como o salmão black (marinado em soja) ou o salmão de ervas, com uma textura que se aproxima da do presunto. Prove-os num dos combinados Reverse (entre 26,90€ e 50.50€). Quem não quer sentar-se à mesa, prefere bezerrar na tal espreguiçadeira e dispensa uma indigestão na hora de mergulhar, pode gozar do serviço de praia com pratos mais leves e petiscos.

Rua de Olivença, Tamariz, Estoril. 21 152 5713. Todos os dias 10.00-19.00 (carta snacks) e 12.00-15.30 e 19.30-23.00 (carta restaurante sushi).

Café Comporta by Alma Fidalga - Praia da Comporta

Café Comporta by Alma Fidalga - Praia da Comporta

O bar de petiscos Alma Fidalga pendurou a placa do “Volto Já” na porta e foi passar as férias grandes à Comporta. Na mala não levou os petiscos do Príncipe Real. “Adaptámos a carta ao que a praia precisa – comida fresca, como saladas, baguetes e wraps”, explica a responsável Inês Lima. No quiosque ao lado do Comporta Café, o dia começa cedo (às 09.00) e bem, com iogurtes gregos com granola, canela, sementes e fruta (5€), tostas com abacate, ovos mexidos e salmão fumado (6€), panquecas de aveia e banana (6,50€) e sumos naturais. Como o sol só se põe lá para as 21.00, há tempo para, ao longo do dia, provar ainda o gaspacho de tomate e melancia (6€), o ceviche de camarão (12€) ou a salada Thai, com manga, coentros, caril e sementes de sésamo (7,50€). Se quiser manter a onda saudável, acompanhe com um chá gelado caseiro. Se preferir desbundar, finja que está em Formentera e brinde com um mojito spicy, com maracujá fresco (10€).

Praia da Comporta, Comporta, Alcácer do Sal. 91 116 4248. Seg-Dom 09.00-20.00.

Golfinho Azul - Praia de São Lourenço, Ericeira

Golfinho Azul - Praia de São Lourenço, Ericeira

Este restaurante é um clássico da Ericeira, com 30 anos de história. Então mas não lhe pusemos o selo de "novo"? Pusemos, e bem. É que este ano, deixou de estar nas mãos da proprietária de sempre, conhecida nas redondezas como Mena, e foi adoptado por Ana e João Freire, que ali casaram. E que diferente que está: ganhou uma nova decoração, em tons de branco e verde-água, uma pérgula e um cantinho cheio de pufs que, se quiséssemos aderir às modas, baptizaríamos de sunset lounge (não queremos, obrigado). Também ganhou uma montra de peixe fresco e novos pratos – como polvo assado (13,50€) ou tornedó com camarão tigre de Moçambique (25€). Mas nem tudo mudou: ficou o nome, ficaram funcionários, como a brasileira Rose, perita em moqueca de camarão e pudim de coco, ficaram as especialidades mais emblemáticas, assinaladas na lista como "clássicos da Mena" – a sopa de peixe (4,50€) e o entrecosto frito com gambas (13€) são exemplos– e ficou a vista sobre a praia, que nisso ninguém mexe. Se ligar a marcar mesa, escusa de pedir uma com vista para o mar: todas têm. E a separá-las da praia, estão só, respire fundo, 128 degraus.

Rua das Ribas, São Lourenço, Ericeira. 26 186 2945. Todos os dias 11.00-23.00. À carta 12.00-15.30 e 19.00-22.30.

Ocean's Beach Club - Praia do Castelo, Costa da Caparica

Ocean's Beach Club - Praia do Castelo, Costa da Caparica

Depois de alguns anos a trabalhar na noite, João Mestre ficou com saudades da luz do dia. E qual o melhor lugar para gozar do sol a bater de chapa? Na praia. João escolheu a do Castelo e serve refeições desde a manhãzinha, mas aposta essencialmente no pôr-do-sol, com concertos e DJ sets, petiscos como guacamole com nachos (6,50€) e bebidas como sangria XL, de cinco litros. Leu bem: cinco litros. Embebeda só de pensar e custa 65€, por isso o melhor é partilhar. Mas vamos voltar ao pequeno-almoço. Vá lá, concentre-se e pare de imaginar aquele jarro gigantesco. O dia pode começar com taças de açaí, banana, morangos e crumble (8€) ou iogurtes com mel e nozes (3,80€). Não, com sangria não. Para o almoço há hambúrgueres de vaca, frango, salmão ou vegetais em pães coloridos – o verde é de espinafres, o cor-de-rosa é de beterraba e o preto de tinta de choco (entre 8,50€ e 9,75€). Se vão bem com a sangria XL? Oh, se vão.

Praia do Castelo, Costa da Caparica. 91 596 0112. Ter-Dom 09.00-00.00. Seg 09.00-20.00. 21 928 0028. Seg-Dom 12.30-22.30.

Praia - Sea, Salt & Pepper - Praia de São João da Caparica

Praia - Sea, Salt & Pepper - Praia de São João da Caparica

Mar, sal e pimenta. O restaurante mais popular do Verão de 2015 continua a prever dias de praia bem temperados. No deck sobre as dunas e com vista para o Atlântico, pode escolher entre o carpaccio de polvo com molho de pimentos e citrinos (12,50€), o atum braseado (16€), o hambúrguer Praia, com 180 gramas de carne maturada, maionese de trufa e queijo scarmosa (16€) ou o arroz negro de choco, camarão e ameijoa (39€/duas pessoas). Há educadoras de infância a tomar conta dos miúdos no kidsclub, para gozar do sol na paz do Senhor e há palhotas, cadeiras, camas e chapéus para não ter de levar a casa às costas desde o parque de estacionamento. Sai um dia de praia temperado com mar, sal e pimenta?

Praia de São João, Costa da Caparica. 30 880 4211. Todos os dias 10.00-22.00.

Ribamar e Ribas - Praia do Ouro, Sesimbra

Ribamar e Ribas - Praia do Ouro, Sesimbra

Pertencem à mesma família, são vizinhos e partilham a cozinha. Mas há meia-duzia de diferenças entre eles. Ora descubra.

RIBAMAR

IDADE 66 anos

COMANDANTE Hélder Chagas herdou o Ribamar dos pais António e Cremilde. Hoje passa mais tempo no restaurante com o mesmo nome em Tróia, mas continua a ser a cara do espaço em Sesimbra.

AMBIENTE Apesar de ser um restaurante de praia (basta atravessar a marginal para chegar ao areal do Ouro) tem um ambiente formal, com chão de madeira, cadeiras em pele, toalhas impecavelmente passadas a ferro nas mesas e funcionários atenciosos e educados.

PRATOS Marisco para todos os gostos e peixe trabalhado de todos os feitios. Destaque para o bife de espadarte (15€) e o arroz de lingueirão (13€).

COPOS A carta de vinhos mete respeito e tem entradas que chegam aos três dígitos.

ESPLANADA Mantém o ambiente interior, mas as cadeiras passam a ser de madeira.

HORAS A idade já pesa e vai para a cama mais cedo do que o vizinho: fecha às 23.00.

  

RIBAS

IDADE 5 anos

COMANDANTE Rita Chagas, neta dos fundadores, criou este novo projecto. É a mãe que lidera a cozinha que serve ambos os restaurantes.

AMBIENTE Guitarras penduradas na parede, música brasileira, cadeiras modernas, almofadões brancos e candeeiros de papel. A decoração jovem e descontraída atrai um público mais novo.

PRATOS Sushi, minipratos da lista do pai/vizinho Ribamar e petiscos como preguinho de espada preto (3,50€), caranguejo frito com abacate e lima (3€) e hambúrguer de salmão (3€).

COPOS Sumos naturais, vinho a copo, sangrias, caipirinhas e gins, pois claro.

ESPLANADA Além das mesas, tem um enorme puf de verga almofadado virado para o oceano.

HORAS Está na flor da idade e quer é farra: tem serviço de bar e encerra às 02.00, todos os dias.

Avenida dos Náufragos, 29 e 31, Sesimbra.

Restaurante da Adraga - Praia da Adraga, Sintra

Restaurante da Adraga - Praia da Adraga, Sintra

Não tem um nome inglês (não têm sequer um nome muito elaborado, simplesmente adoptou o da praia), não organiza festas ao pôr-do-sol nem tem almofadas e pufs na areia. Não serve pregos em bolo do caco, não tem wraps e hambúrgueres gourmet no menu, nem convidou um barmen xpto para elaborar uma lista de cocktails de assinatura. É (por isto tudo, mas não só) um dos melhores restaurantes de praia a menos de uma hora de Lisboa. Os verdadeiros amantes da sua cozinha honesta preferem lá ir no Inverno, quando estacionar, arranjar mesa à janela e gozar da vista é tranquilo. Os veraneantes têm a vida mais complicada, mas nem por isso devem desistir: a comida é óptima o ano inteiro, com destaque para o peixe fresco (garoupa e robalo a 40€/quilo, dourada e sargo a 38,50€/quilo), que vem à mesa antes de saltar para a grelha, para o marisco (percebes a 37€/quilo, ameijoas com camarão à moda da Suzete 16€) tirado do viveiro mesmo à nossa frente, e para as sobremesas caseiras, como o merengue de morangos (5€) e a tarte de maçã (4,50€).

Estrada da Praia da Adraga, 143, Almoçageme. 21 928 0028. Seg-Dom 12.30-22.30.

Sunset Beach Club Bafureira - Praia da Bafureira, São Pedro do Estoril

Sunset Beach Club Bafureira - Praia da Bafureira, São Pedro do Estoril

O Verão em três andares... O nome oficial (e veranil) é Sunset Beach Club Bafureira, fica na Praia da Bafureira – um dos maiores solários naturais da Linha –, e tem três andares de comida para todos os gostos, criada pela mesma equipa, mas em conceitos diferentes. Suba.

R/C

Esplanada Bafureira Há quem lhe chame Little Greece, por causa dos pequenos muros pintados de branco que rodeiam a esplanada. E, de facto, se ignorar que está a 15 minutos de Lisboa, pode bem parecer que está de férias no Mediterrâneo. Funciona todo o dia com menus de pequeno-almoço, ceviches e saladas para fazer descer a temperatura do corpo, petiscos de praia – saladas de polvo, amêijoas, e pronto, você sabe o resto da cantiga –, e uns nutritivos sumos naturais.

1º Andar

SushiFashion Beach Club Foi o primeiro hóspede da Bafureira, e já trazia referências de outras moradas, como o primeiro SushiFashion em Carcavelos. É um japonês de qualidade, com queda para a fusão, sempre feito com peixe do mais fresco que há. Às quartas (almoço e jantar) e aos domingos (jantar) atiram-se a uma modalidade “all you can eat” por 22,50€. Neste piso há ainda uma sala para eventos privados.

2º Andar

Hamburgueria da Praia O cenário é o de um western, com madeiras escuras e algum décor a fazer lembrar cowboys e bares do faroeste. Já a vista é o oposto: mar, ondas a rebentar ao de leve, e Cascais ao fundo. Os hambúrgueres andam entre o americano, com 160 gramas de carne, bacon tostado, cebola, queijo e tomate em pão artesanal (7€); e o scandinavian, com 160 gramas de salmão, queijo filadélfia e molho teriyaki em bolo do caco (7,50€).

Praia da Bafureira, Av. Marginal, São Pedro do Estoril. Seg-Dom 10.00-23.00 (Esplanada); Ter-Dom 12.30-16.00-19.30-23.30 (sushi e hamburgueria).

Comentários

0 comments