A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Parque de Serralves
© Tiago Ferreira MarquesParque de Serralves

As melhores coisas para fazer no Porto este fim-de-semana

Há muito para fazer no Porto este fim-de-semana, desde passeios a espectáculos, exposições e workshops. Siga estas sugestões para sábado e domingo.

Escrito por
Ana Patrícia Silva
Publicidade

Por entre as ruas estreitas e casas coloridas, nos miradouros com vistas de cortar a respiração, nas galerias cheias de arte antiga e contemporânea, nos jardins e museus, nos restaurantes com comida tradicional ou do mundo, junto ao mar, à beira-rio ou mais no interior, há sempre muito para fazer no Porto. Ao ar livre ou em espaços fechados, mas sempre com o distanciamento necessário. Para viver esta época com mais segurança, consulte a lista de centros onde pode fazer testes antigénio gratuitos no Porto.

Recomendado: Os melhores refúgios para este Inverno no Porto

Fim-de-semana no Porto

  • Compras
  • Livrarias
  • Pinheiro Manso

Flâneur é uma livraria generalista e encantada, com uma boa selecção de títulos de poesia, arte, filosofia, romances e literatura de viagens. As suas feiras do livro são mais um bom motivo para a visitar. A próxima está marcada para sábado, 22 de Janeiro, entre as 11.00 e as 19.00. Pode contar com bons descontos numa selecção de livros da Relógio d'Água, Antígona, Tinta da China, entre outras.

  • Coisas para fazer
  • Vida urbana

É um dos mais importantes museus do país. Foi o primeiro museu público de arte de Portugal, fundado em 1833 e instalado desde 1940 no Palácio dos Carrancas. Possui colecções de cerâmica, pintura, gravura, joalharia, mobiliário, ourivesaria, pintura e escultura, com destaque para o Desterrado, a obra-mestra de António Soares dos Reis. Neste momento, a exposição permanente continua com acesso interdito, devido às obras de reabilitação, mas pode aproveitar para conhecer a exposição temporária e a peça do mês. Até 3 de Fevereiro, o museu tem entrada livre, estando aberto de terça a domingo, das 10.00 às 18.00.

Publicidade
Descobrir os cordofones portugueses na Casa da Guitarra do Porto
© DR

3. Descobrir os cordofones portugueses na Casa da Guitarra do Porto

No sábado, às 17.00, a Casa da Guitarra inaugura uma nova exposição dedicada aos cordofones tradicionais, que há séculos fazem parte do quotidiano da população, marcando lugar nos momentos de trabalho e de lazer, com múltiplos significados simbólicos e culturais. Poderá apreciar o papel dos violeiros – em particular alguns artesãos localizados no Porto – e conhecer de perto o trabalho desenvolvido nas suas oficinas: as técnicas, ferramentas, materiais e, quem sabe, alguns segredos. Também no sábado, às 18.00, pode assistir a um concerto dos Não Comvinha. A Casa da Guitarra está situada na Avenida Vìmara Peres, número 49.

  • Arte
  • Porto

Há dois projectos expositivos para ver na Galeria Municipal do Porto, nos jardins do Palácio de Cristal. Em “Erro 417: Expectativa Falhada”, a curadora Marta Espiridião debruça-se sobre noções de falhanço e sucesso, em particular na relação com o contexto económico capitalista e condicionantes estruturais como a etnia, o género ou a condição social. No domingo, dia 23, às 16.00, acontecerá uma visita guiada, acompanhada pela curadora. Em “A Hora Antes do Pôr-do-Sol”, Milena Bonnilla parte dos ensaios e cartas da filósofa e economista Rosa Luxemburgo para propor a construção de um imaginário situado numa “temporalidade histórica suspensa”, que liga o passado e o presente, cruzando literatura, botânica, referências históricas e mitologias colectivas. A galeria está aberta de terça a domingo das 10.00 às 18.00, com entrada livre, até 20 de Fevereiro. Depois entrará em obras, mantendo-se encerrada até ao final de 2022. 

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Centros culturais
  • Porto
Para o fim-de-semana, Serralves propõe duas visitas orientadas: uma com os pés bem assentes no chão, outra com a cabeça no meio das árvores. No sábado, um percurso nos passadiços ao nível da copa das árvores vai permitir escutar o canto das aves, observar os seus ninhos, sentir o relevo e a textura das folhas. No domingo, um passeio sensorial pelo parque vai desvendar a biodiversidade que aqui se refugia. Aproveite também para ver as exposições de Mark Bradford e Ai Weiwei no Museu de Serralves.
  • Coisas para fazer
  • Vida urbana

A Poetria nasceu em 2003 com dois grandes amores: a poesia e o teatro. Depois de anos de luta e resiliência, a livraria mudou-se para o número 115 da Rua de Sá de Noronha, a escassos 100 metros da casa anterior. Está num espaço maior, com dois andares, que podem ser preenchidos com ainda mais livros. Pode ser visitada de segunda a sábado, das 12.00 às 19.00.

Publicidade
Ver um concerto dos Dreamweapon no Ferro Bar
© DR

8. Ver um concerto dos Dreamweapon no Ferro Bar

Dreamweapon é uma máquina industrial psicadélica radicada no Porto. Inspirado por símbolos como Angus MacLise, Tony Conrad ou Spacemen 3, este projecto usa o drone como força motriz para formar uma atmosfera psicadélica e alucinante. O concerto está marcado para sábado, 22 de Janeiro, às 22.00, no Ferro Bar.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Caminhadas e passeios

Os parques e jardins públicos do Porto são sempre boas opções para passear ao fim-de-semana, para fazer algum exercício físico ou até para descansar no final de um dia longo. Se precisar de relaxar, passe algum tempo no meio da natureza.

  • Atracções
  • Edifícios e locais históricos
  • Baixa

Durante quase 200 anos, a antiga Cadeia da Relação do Porto albergou nomes ilustres como Camilo Castelo Branco. No final do século XX, o edifício foi renovado para acolher o Centro Português de Fotografia, que merece sempre uma visita – pela arquitectura do edifício e pela riqueza das suas colecções. Além da colecção permanente, pode ver as exposições "Nicolás Muller. O olhar comprometido" (até 20 de Fevereiro), o Prémio Estação Imagem 2021 Coimbra (até 6 de Março) e a mostra colectiva "Texturas" (até 20 de Março). Ao fim-de semana abre das 15.00 às 19.00, sempre com entrada gratuita.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Aulas e workshops
  • Cedofeita

Na Baronesa às Claras, um bolo nunca é apenas um bolo – pode ser uma tela em branco para criar pequenas obras de arte. Regularmente organizam workshops para dar asas à criatividade mas também para aprendizagens mais técnicas. Em Janeiro, vão ensinar a fazer montagem e decoração de bolos de camadas (dia 22, 10.00, 130€), bolo terrazzo/marmorite (dia 26, 09.30, 100€) e bolo de rosetas coloridas (dia 29, 09.30, 100€).

  • Música
  • Música ao vivo
  • Boavista

No sábado, às 18.00, a Orquestra Sinfónica do Porto vai interpretar a grandiosa Sinfonia Turangalîla de Messiaen, inspirada na lenda de Tristão e Isolda. No domingo, também às 18.00, o Remix Ensemble e o Ensemble Intercontemporain encontram-se em palco para a estreia de uma obra ambiciosa do compositor catalão Hèctor Parra: La mort i la primavera, inspirada num romance que a escritora Mercè Rodoreda, sua conterrânea, deixou por terminar.

Publicidade
  • Arte
  • Arte

A Rua da Restauração despediu-se do ano velho de cara renovada. Os 14 módulos da parede de sustentação dos jardins do Palácio de Cristal, estendida ao longo de 70 metros, estão a ser ocupados com os trabalhos dos artistas seleccionados no âmbito do Programa de Arte Urbana do Porto, que vão dar mais cor a esta rua durante todo o ano de 2022. Os novos projectos são assinados por Inês Arisca, Pablo Cidad (Arte Seiva), André Eiras, Paula Rezende, Gustavo Carreiro, Rute Costa e Filipa Fonseca (Sphiza).

  • Coisas para fazer

Há vários espaços no distrito do Porto onde os cães podem ser cães – correr livremente, escavar na areia, esfocinhar na relva, sujar as patinhas e ser felizes. Mas estes parques caninos, normalmente inseridos em amplas áreas verdes, são também bons refúgios para os humanos. Aproveite para passar mais algum tempo no meio da natureza.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Vida urbana

O histórico Titan de Leixões pode ser visitado todas as sextas, sábados e domingos, entre as 10.00 e as 17.00, gratuitamente até ao final de Janeiro. Já o Terminal de Cruzeiros encontra-se aberto ao público todos domingos de manhã, entre as 09.30 e as 12.00, com visitas guiadas a iniciarem pelas 10.15, 11.15 e 12.15. Os bilhetes custam 5€ por pessoa, 14€ por família ou 3,50€ para seniores e estudantes. As crianças até aos 12 anos não pagam entrada. 

Mais coisas para fazer no Porto

Publicidade
Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade