Os melhores ceviches em Lisboa

Já se sabe que leite de tigre não é lacticínio e peixe cru funciona. Tome nota dos melhores ceviches em Lisboa
ceviche hikidashi
Fotografia: Ana Luzia
Por Mariana Morais Pinheiro e Catarina Moura |
Publicidade

É fresco, baixo em calorias, exótico e sabe bem. O Verão pede ceviches – esse prato ícone da gastronomia peruana – por isso, andámos atrás dos melhores ceviches em Lisboa e dizemos-lhe onde os provar. E temos cá de tudo: ceviches de peixe branco do dia, de salmão, de carapau, de manga, de polvo, de camarão da nossa costa e até de tremoço, veja lá.

Os melhores ceviches em Lisboa

Cantina peruana
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Peruano

Ceviche clássico - Cantina Peruana

icon-location-pin Chiado

No segundo andar o Bairro do Avillez nasceu em Julho de 2017 a Cantina Peruana, o restaurante com pratos do Peru com Avillez e Diego Muñoz a assinarem os pratos. Num sítio assim, onde há espaço para as várias vertentes da gastronomia peruana, o ceviche não se poderia dispensar. E na carta aparecem quatro: o cremoso de marisco, o nikkei, com influências japonesas, o de gambas de costa e o clássico, que para principiantes até será o melhor. Tem peixe, polvo, leite de tigra natural, ají gota-de-limão e batata-doce.

Preço: 6€

Mestizo
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Pan-africano

Ceviche de peixes brancos - Mestizo

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

A rota gastronómica do Mestizo, aberto em Julho de 2017, é uma estreia absoluta na cidade de Lisboa. Passa por África, pela América do Sul e ainda faz um desvio às Caraíbas. Tem paragens na África do Sul, em Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Angola e Moçambique, e também no Brasil, Chile e Cuba. E nisto tudo tem uma paragem no Peru, logo à entrada. Este ceviche tem sumo de citrinos, o picante da malagueta e do gengibre.

Preço: 16€

Publicidade
ceviche de camarão e lírio
Miguel Manso
Restaurantes, Português

Ceviche de camarão e lírio - Terraço

icon-location-pin Avenida da Liberdade

O restaurante no último andar do hotel Tivoli Avenida sempre foi um clássico de Lisboa e da comida tradicional portuguesa. Em Agosto de 2017, o chef nortenho Rui Paula manteve ingrediente simbolos nacionais tão importantes para ele como parao incónico restaurante, mas juntou-lhe influências de outras paragens. Uma delas é este ceviche de camarão, lírio e manga verde com chili. Nesta dose de entrada - nem pense em partilhar - há várias texturas, com peixe e camarão encruado, à espuma e uma manga crocante.

Preço: 17€

Masstige
©DR
Restaurantes

Ceviche de corvina - Masstige Avenidas

icon-location-pin São Sebastião

A vantagem do Masstige Avenidas é que se pode sentar a comer este ceviche de corvisa sobre tomate fumado e a sua companhia que, imaginemos, nem gosta de peixe encruado e até gosta é de se dedicar à carne, pode estar a comer uns ovos rotos com presunto, parmesão e batatas fritas palha, ou um Brás de farinheira.

Preço: 9,30€

Publicidade
ceviche puro da cevicheria
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Global

Ceviche Puro – A Cevicheria

icon-location-pin Princípe Real

É um clássico. O ceviche puro está para A Cevicheria como a Mona Lisa está para o Louvre, e o sucesso deste restaurante na cidade em grande parte a ele se deve. Os pratos do restaurante de Kiko Martins revolucionaram as cartas de muitos restaurantes. De repente, consome-se peixe cru marinado em leite de tigre em Lisboa como nunca antes se vira. Este prato leva peixe branco da época, puré de batata doce, cebola, algas e leite de tigre e foi inspirado na viagem que o chef fez pelo mundo. Se preferir, há-os ainda nas variações de salmão, atum e bacalhau.

Preço: 11,90€. 

ceviche hikidashi
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Japonês

Ceviche de peixe branco e salmão – Hikidashi

icon-location-pin Campo de Ourique

Os mágicos tiram coelhos da cartola. Agnaldo Ferreira tira ceviches de dentro de uma gaveta. No Hikidashi (o nome do restaurante significa gaveta em japonês), este chef, um dos melhores sushimen da cidade, serve cubos de peixe branco e de salmão marinados em lima, limão e coentros. Na mistura, a acompanhar, vai ainda cebola roxa e tomate cereja. O prato é temperado com shichimi togarashi, uma pimenta japonesa em pó feita a partir de sete tipos de pimentas, e, por cima, acrescenta-lhe lima, chips de batata doce e ovas de esturjão. “É uma entrada rápida de preparar e muito fresca, que agrada também a quem não gosta de peixe totalmente cru”, explica o chef.

Preço: 12€. 

Publicidade
Peixola
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Ceviche Peruano – Peixola

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

No princípio era o peixe. Depois, tudo o resto se amanhou. “Sabíamos logo de início que queríamos trabalhar com peixe, que é um produto nobre e que temos em abundância na nossa costa”, conta Nuno Correia Pereira, um dos sócios. O ceviche que aqui preparam leva peixe branco, cebola roxa e abacate e aproveite para o empurrar com um bom cocktail de rum, outra das grandes apostas da casa.

Preço: 11€. 

Las Ficheras
© Ana Luzia
Restaurantes, Mexicano

Ceviche de la tierra – Las Ficheras

icon-location-pin Cais do Sodré

A tostada de ceviche é um dos pratos mais pedidos do Las Ficheras – o restaurante mexicano do Cais do Sodré que pediu o nome emprestado às mulheres que trabalhavam em cabarets no México e vendiam amor em troca de dinheiro. Aqui acontece mais ou menos o mesmo, pois toda a gente se apaixona por esta tortilha de milho crocante com pedaços de pampo fresco marinados num caldo de citrinos. Este é feito com tangerina, toranja, laranja, lima e limão. A compor o prato há ainda cebola, manga e o picante chile habanero. Para se lhe fazer companhia apareceu entretanto o ceviche de la tierra, de salmão beterraba, rabanete em calda de citrinos, tudo dentro de uma tostada negra (12,50€).

Preço: 11,50€. 

Publicidade
ceviche tasca kome
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Ceviche de Carapau à japonês – Tasca Kome

icon-location-pin Baixa Pombalina

Longe vão os tempos em que para ter o peixe mais fresco do Mercado Abastecedor da Região de Lisboa (MARL), Yuko, a dona da Tasca Kome, aguardava até à 01.00 que as portas do mercado se abrissem. Depois, lançava-se numa maratona desenfreada para ganhar vantagem sobre os outros comerciantes. Agora tem quem lhe traga o carapau – com o qual faz este ceviche, com gengibre, pasta de miso e cebolinho – mesmo à porta, fresquinho, logo pela manhã. É servido sobre uma folha de endívia e só se chama assim porque o nome deste prato tradicional japonês é muito complicado de pronunciar.

Preço: 12€. 

A Time Out diz
Ceviche de tremoço
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Português

Ceviche de Tremoço – Bairro do Avillez

icon-location-pin Chiado

É um dos muitos petiscos que a Taberna do Bairro do Avillez tem para oferecer. É feito com tremoço e milho frito e fica a marinar num leite de tigre composto por sumo de lima, cebola roxa, coentros, malagueta, sumo de tremoço e proteína de peixe. É ácido q.b. e ligeiramente picante.

Preço: 3€.

Publicidade
ceviche el pibe
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Ceviche de manga – Empanaderia El Pibe

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

São especialistas a fazer empanadas, bem ao estilo argentino, com tudo e mais alguma coisa, mas os ceviches que preparam na hora também não lhes ficam nada atrás. Um é de manga e leva cebola roxa, lima, malagueta e coentros. E o outro é de camarão com gambão argentino, cebola roxa, batata doce, mamão e coentros. Para terminar, peça um alfajore, um bolo típico argentino com doce de leite. Muito bom.

Preço: 5,50€ e 9,50€

A Time Out diz

Restaurantes do mundo em Lisboa

Confraria LX
©DR
Restaurantes, Japonês

Os melhores restaurantes japoneses de Lisboa

A oferta de restaurantes japoneses em Lisboa cresceu em larga escala nos últimos anos. Nem tudo o que abriu, porém, tem a qualidade de matéria-prima desejada ou mãos que a saibam tratar como merece. Bem espremidos, são poucos aqueles servem bom sushi, seja ele mais ou menos tradicional, mas confecionado com talento. São poucos, mas já fazem um conjunto agradável. Ei-lo. 

El Bulo
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Os melhores restaurantes latino-americanos de Lisboa

Não sabe onde comer causas, tacos, moquecas, ceviches, empanadas e guacamole na cidade? Atravessámos o Atlântico sem sair de Lisboa para lhe apresentar os melhores restaurantes latino-americanos. Para escorregar melhor, pode escolher entre mojitos, pisco sours, caipirinhas e margaritas. Mantenha um copo de água por perto, que a coisa pode aquecer.  

Publicidade
Dim sum do Estoril Mandarim
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Chinês

Os melhores restaurantes chineses de Lisboa

Os Golden Visa não melhoraram só o panorama do imobiliário da cidade. A procura de comida chinesa autêntica e regional aumentou e já não é tudo arroz chau chau e rebentos de soja. Do Martim Moniz ao Estoril, consegue-se comer de tudo um pouco, mesmo que por vezes tenhamos de ir ao apartamento dos senhores. 

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com