Os melhores restaurantes mexicanos em Lisboa

Forre o estômago para o preparar para o picante e prove tudo nos melhores restaurantes mexicanos em Lisboa.
pistola y corazon, desanuio
Fotografia: Arlindo Camacho Pistola y Corazon
Por Inês Garcia |
Publicidade

O melhor é pedir uma marguerita ou um cocktail com mezcal assim que chegar um destes restaurantes mexicanos em Lisboa – afinal a cozinha mexicana é conhecida pelo seu nível de picante (e aqui convém ter atenção às malaguetas assinaladas nas cartas, que não estão lá para enganar ninguém).

As maiores influências desta cozinha vêm dos povos pré-colombianos e dos costumes dos colonizadores espanhóis, mas os pratos típicos variam consoante a zona (a partir da cozinha mexicana surgiu, entretanto, a tex-mex, que reúne os sabores do estado do Texas, nos Estados Unidos, com o México).

A base da cozinha mexicana tradicional é o milho – daí que não seja fácil fugir às tortilhas, que acompanham quase todas as refeições –, o feijão e a pimenta.

Prove os tacos, o chilli com carne ou as enchiladas. 

Recomendado: Onde comer os melhores tacos em Lisboa

Os melhores restaurantes mexicanos em Lisboa

Barra Cascabel
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Barra Cascabel na Gourmet Experience

icon-location-pin São Sebastião

A Barra Cascabel é o espaço mais animado de todo o food court no sétimo piso do El Corte Inglès – a meio do serviço há cantoria com megafones, muitas palmas e interacção com os clientes, fazendo jus à afamada animação mexicana. O restaurante é uma parceria entre o mexicano Roberto Ruiz (o chef que tem uma estrela Michelin no Punto Mx, em Madrid) e o grupo Avillez e serve comida mexicana autêntica, do cocktail de camarão acompanhado com totopos de milho e maionese de jalapenõ às tostadas de bonito. Se a boca ficar a arder, peça um dos cocktails com mezcal.

Las Ficheras
© Ana Luzia
Restaurantes, Mexicano

Las Ficheras

icon-location-pin Cais do Sodré

Las Ficheras era o nome dado às mulheres que trabalhavam nos cabarés mexicanos, a quem os homens entregavam uma ficha em troca de uma bebida, companhia ou uma dança – no restaurante do Cais do Sodré é recriado esse ambiente de cabaré. O chef Akis Konstantinidis, grego radicado em Portugal, fez a consultoria da carta, que vai muito além do básico tex-mex. Tem um fresco guacamole com totopos para entrada, nachos com carne (picantes), ceviches, tacos, quesadillas. Vale a pena provar o chili com carne (13,50€) ou a carrillada de cerdo com salsa de chipotle, umas bochechas de porco estufadas lentamente em molho de chipotle e servidas com puré de feijão preto e arroz (14,50€). Há cheesecake de horchata ou pudim de maracujá com tequilla para sobremesa e uma longa lista de mezcais – “para todo o mal; mezcal, para todo bien, tambien”, dizem – e diferentes tequillas.

A Time Out diz
Publicidade
Pistola Y Corazon 2
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Mexicano

Pistola y Corazon

icon-location-pin Cais do Sodré

Dois mexicanos e uma italiana entram num supermercado – não é o início de uma anedota, é o início do Pistola y Corazon, a taqueria de Damien Izarry, Marta Fea e Aaron. A estes três juntou-se Cesar Polo, também cozinheiro, para um negócio com fila certa à porta para comer tacos como o tinga de pollo, de camarão ou de chicharrón (torresmos de barriga de porco que metem respeito com as suas quatro malaguetas, o nível máximo de picante da lista). A lista de bebidas e cocktails mexicanos também é das melhores da cidade. Aconselha-se a ida cedo, seja almoço (altura em que têm menus bem simpáticos) ou jantar, porque a lista de nomes escritos à porta é sempre infindável. 

A Time Out diz
la siesta
©DR
Restaurantes, Mexicano

La Siesta

icon-location-pin Oeiras

Fica em frente ao rio Tejo e não há como passar despercebido: o restaurante mexicano La Siesta é dos mais antigos da especialidade na zona da grande Lisboa e só o edifício em si traduz logo um bocadinho da fiesta que é o México, com um vermelho forte, amarelo e azul. À mesa servem-se camarões endiabrados (13,40€) de entrada, tacos, sopas tradicionais, como a pozole, picante, com grão de milho como base, ou a cocada fria ou quente. A ementa divide-se em pratos de porco, frango, vaca, marisco e peixe e aos dias de semana a almoço há menus bem económicos (entre os 9,20€ e os 12€). Animação e música, com ou sem margueritas, há todos os dias, aos almoços e jantares.

Lisboa latino-americana

El Bulo
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Os melhores restaurantes latino-americanos em Lisboa

Não sabe onde comer causas, tacos, moquecas, ceviches, empanadas e guacamole na cidade? Atravessámos o Atlântico sem sair de Lisboa para lhe apresentar os melhores restaurantes latino-americanos em Lisboa. Para escorregar melhor, pode escolher entre mojitos, pisco sours, caipirinhas e margaritas. Mantenha um copo de água por perto, que a coisa pode aquecer.

alfajores las cholas
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Três sítios para comer alfajores

São típicos de países ibero-americanos mas a o nome lembra o árabe al hasu, que é como quem diz recheado. No meio de duas bolachinhas pequenas e inocentes vem doce de leite. Repita isto as vezes que quiser.

Publicidade
Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com