Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right 12 ideias para aproveitar o Outono em Lisboa

12 ideias para aproveitar o Outono em Lisboa

Já está preparado para o regresso da chuva e do frio? Nós damos uma ajuda a encarar o Outono.

Jardim da Estrela
© Andrea Mann (flickr.com/andreamann) Jardim da Estrela
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Verdade seja dita: o Outono já chegou há uns dias, mas temo-nos dado ao luxo de assobiar para o lado enquanto ainda damos uns mergulhos. Mas chegou o momento de encarar a realidade, ou a estação: adeus praia, olá cidade, adeus calor, olá chuva? Se ainda não está preparado para enfrentar o que aí vem, apesar de os dias já se notarem cada vez mais curtos, damos-lhe 12 ideias para aproveitar o Outono para que tudo fique mais fácil. Quem disse que o Outono era chato? Decida já como vai aproveitar a estação ao máximo.

Recomendado: Os melhores concertos em Lisboa até ao final do ano

12 ideias para aproveitar o Outono em Lisboa

1
quinta das conchas, lumiar, parque, jardim,
Fotografia: Duarte Drago
Coisas para fazer

Volte aos parques e jardins em Lisboa

Vai-se a época dos mergulhos, chega a dos relvados. Descubra os melhores parques e jardins para brincar com os miúdos, ler um livro ou fazer um piquenique. Vale tudo menos ficar em casa.

2
Noobai
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Continue a apostar nas esplanadas

Somos bons esplanadores e não é o Outono que nos vai fazer sair da cadeira ao lusco-fusco. Pelo contrário. Não deixe que os fins de tarde escuros o façam ir logo para casa e aproveite happy hours, esplanadas com aquecedores ou com aquela mantinha que já cai bem pelas costas. Saia de casa mas abrigue-se de brisas leves, ventanias e do briol que já se sente à noite numa destas esplanadas: temos propostas à beira-rio, nas alturas ou outras mais escondidas dentro de edifícios.

Publicidade
3
Manteigaria Silva Belém
Fotografia: Duarte Drago
Compras, Mercearias finas

Acompanhe um copo de vinho com uma tábua de enchidos na nova Manteigaria Silva

icon-location-pin Belém

Uma tábua de queijos e enchidos composta e um copo de vinho é um básico de final de tarde seja qual for a estação do ano. E se for com o Tejo a compor o cenário e com música ao vivo, melhor ainda. Esta é a mais recente cortesia da histórica Manteigaria Silva, que abriu a terceira loja em Lisboa no remodelado espaço do Vela Latina, na Doca do Bom Sucesso, em Belém. Fica mesmo ao lado da entrada do restaurante (que lá dentro tem o Nikkei, que entrou para a nossa lista de melhores novos restaurantes de 2017) e tem uma esplanada própria.

4
L'Éclair
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Francês

Vingue-se num L'Éclair

icon-location-pin Avenidas Novas

A época balbear tem a desvantagem de nos afastar, temporariamente, dos doces da cidade, mas agora voltamos a ter ordem de soltura. E uma das melhores opções sãos os éclairs da L'Éclair, que primeiro se comem com os olhos e só depois com as mãos: absurdos, geniais, insensatos, deliciosos, perfeitos, únicos, escandalosos. Todas as descrições das especialidades desta loja são hiperbólicas e imprecisas, como a sensação andar na lua ou a maternidade – é daquelas coisas que só quem passa por isso é que sabe.

Publicidade
5
Caos Bar
Fotografia: Duarte Drago
Noite

Ou aposte num cocktail a saber a Snickers

icon-location-pin Cais do Sodré

A lista de cocktails deste novo bar no Cais do Sodré é extensa, mas nós sugerimos que se aventure num J&J, o cocktail que sabe ao chocolate Snickers. “Fizemos uma infusão de rum com amendoins, um cocktail after dinner, mais doce, com chocolate, café e leite de avelã e baunilha”, explicou-nos então Daniel Luís, autor da carta que contou com a consultadoria de Dave Palethorpe, do Cinco Lounge. O Caos quer ser diferente dos outros bares da Rua Cor-de-Rosa: "É para o pessoal que está farto da confusão e quer estar mais tranquilo, com outro tipo de ambiente.” 

6
Treestory
©Manuel Manso
Restaurantes, Georgiano

Descubra a cozinha georgiana

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

É uma das muitas bandeirinhas do mapa gastronómico lisboeta. O primeiro restaurante georgiano da cidade chama-se #Treestory e abriu na Luciano Cordeiro, perto do Marquês. Prove pela primeira vez os khachapuri, um dos pratos nacionais do país, para comer com as mãos e carregadinho de queijo, ou os khinkali, dumplings georgianos.

Publicidade
7
Verde Minho
©Duarte Drago
Restaurantes

Coma de prato cheio

Se é daqueles que encaram o Outono como um urso pardo e precisa de encher o bandulho a pensar na hibernação, fique a saber onde é que em Lisboa pode comer cozido, açorda, bacalhau, rissóis e pataniscas, entremeadas, croquetes e empadões. Do Minho ao Algarve, do interior ao litoral – não é preciso sair de Lisboa para experimentar os melhores sabores da cozinha portuguesa. Verdade seja dita, é a melhor comida de conforto que alguém pode querer.

8
Joker
©DR
Filmes

Feche-se numa sala de cinema

São muitos os filmes alinhados para estreia até ao final do ano, mas estes são os mais aguardados – ou aqueles que não pode perder. Há cinema para todos os gostos e logo a abrir Outubro, por exemplo, vem Joker, de Todd Phillips, com Joaquin Phoenix no papel do título e vencedor do Leão de Ouro do Festival de Veneza no passado fim-de-semana. Mas há também Asako I & II, de Ryusuki Hamaguchi, o autor de Happy Hour: Hora Feliz,  Um Dia de Chuva em Nova Iorque, o novo Woody Allen, Doutor Sono, de Mike Flanagan, a continuação de The Shining, de Stanley Kubrick, ou ainda Frozen II: O Reino do Gelo.

Publicidade
9
teatro
DR
Teatro

Ou vá ao teatro

A sério, deixe-se de desculpas e vá ao teatro. Em Lisboa, não faltam opções, grande parte delas com preços bem apetecíveis. Originais, clássicos, experimentais, ou daquela estranha categoria chamada transversais. Podemos dizer que há de tudo nesta selecção, em constante actualização. Há companhias históricas, mas também emergentes. Nomes bem conhecidos e outros sobre os quais ainda vai ouvir falar garantidamente. Afinal, está à espera de quê para ir ao teatro?

10
Outono
©Crisferrari1500
Coisas para fazer

Seis sítios para ver as folhas a cair em Lisboa

Vestimos o casaco e fomos à procura dos melhores sítios para a prática deste desporto outonal e contemplativo: ver as folhas, no seu vestusto castanho avermelhado, a desprenderem-se dos ramos e a regressar à terra, para dali vir vida nova. E pode fazê-lo com mantinha sobre o joelho e em plena happy hour. Do que precisa mais?

Publicidade
11
Ovos benedict do Delidelux
©Inês Félix
Restaurantes

Descubra os melhores ovos Benedict em Lisboa

Ovos são a estrela de qualquer brunch ou mesa de pequeno-almoço farta, sejam eles na versão estrelada, mexida ou escalfada. Os ovos Benedict, escalfados e banhados depois com molho holandês, vieram dos Estados Unidos e instalaram-se nos menus de uma série de restaurantes e cafés em Lisboa. Há dúvidas acerca da origem deste prato, mas a primeira receita que existe destes ovos é de 1894, imagine só.

12
 rage room, smash it, sala de raiva
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Seja radical dentro de quatro paredes

Sim, sugerimos algumas actividades ao ar livre e o Outono também é amigo delas. Mas a verdade é que quando a estação nos atraiçoa os planos, Lisboa está cheia de espaços onde pode saltar, trepar e até partir a loiça toda. Destemidos da cidade: aqui estão as coisas mais radicais para fazer em Lisboa – e riscar da bucket list.

Especial rentrée: bem-vindo de volta a Lisboa

MAAT
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

A agenda cultural de Lisboa que não pode perder

Pode odiar muitas coisas em Lisboa, até reconhecemos que a nossa cidade tem uma série de defeitos, mas se há coisa de que não se pode queixar é da agenda cultural. É ela que o obriga a sair porta fora quando a vontade de saltar do sofá é igual a zero. Os programadores culturais acabam-lhe com a letargia do corpo para poder aproveitar a cidade ao máximo, sobretudo no que diz respeito às exposições espalhadas por museus e galerias de Lisboa e aos espectáculos de teatro, dança ou comédia. Aproveite o recheio desta agenda cultural de Lisboa e faça-se ao piso.

The New Pope
Gianni Fiorito/HBO
Filmes

Séries que tem de ver até ao final do ano

Com a quantidade de material que todos os dias chega à indústria é bastante plausível que estejamos a atravessar uma das fases mais profícuas no que ao conteúdo de ficção diz respeito. Regressos há muito esperados, despedidas difíceis e novidades que prometem ser boas. Por agora, deixamos-lhe estas séries que tem de ver até ao final do ano para não perder a carruagem do que vale realmente a pena. Do mistério à comédia, com muitos ou poucos efeitos especiais, motivos não faltam para que o sofá passe a servir de melhor amigo nos próximos meses.

Publicidade