Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Ideias para aproveitar os 220 dias de sol em Lisboa

Ideias para aproveitar os 220 dias de sol em Lisboa

Lisboa é a capital europeia com mais dias de sol, à frente de Atenas. Aproveite-os da melhor maneira

Noobay
Verão no Noobai
Por Francisca Dias Real |
Publicidade

Bem sabemos que a chuva faz falta, mas é um facto que somos abençoados pelo sol. E se assim é, não vale a pena ficar fechado em casa ou sair de casa de gabardine à espera que chova. Eis algumas ideias para aproveitar os 220 dias de sol em Lisboa: terraços para fazer a fotossíntese, jardins para se estender, novos gelados para provar, caracóis para lamber os dedos, cestas recheadas para fazer um piquenique à maneira, petiscos de Verão, mergulhos em água doce e outros em água salgada. Mais ninguém, além de Lisboa, tem aquela relação tu-cá-tu-lá com um astro que ainda por cima é rei. Vamos tentar viver ao máximo a companhia de sua majestade? Aqui tem muitas ideias para aproveitar o Sol em Lisboa. 

Recomendado: As melhores coisas para fazer em Lisboa até dez euros

Ideias para aproveitar os 220 dias de sol em Lisboa

Gastrobar Rossio
©Inês Félix
Restaurantes

Faça a fotossíntese numa destas esplanadas

Esplanadas frescas no duplo sentido do adjectivo, percebe? São estes nomes que circulam pelos grupos de WhatsApp quando o sol aparece. Como bom “esplanador”, comece já a dinamizar esses chats e a marcar um copo ao final do dia numa destas novas esplanadas em Lisboa. A ideia é aproveitar o sol, mas há uma outra esplanada coberta por onde os raios passam, sem deixar de estar abrigado por eventuais brisas. Há novidades fresquinhas e muitas razões para pôr protector e reclamar o seu lugar ao sol.

Pomar de Alvalade - Caracois
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Cervejarias

Há rastejantes dos bons na cidade. Prove-os

A época do petisco rastejante arrancou oficialmente em Maio, o primeiro mês sem R – dizem os especialistas que, apesar de não ser regra absoluta, é nestes meses mais quentes e solarengos que o caracol é melhor, porque com o chuva o bicho começa a meter-se dentro da terra. Ainda assim, a maioria dos caracóis que se servem em Portugal vêm de Marrocos, onde é proibido usar pesticidas e a garantia da qualidade deste petisco é maior. Corremos a cidade à procura de cafés e cervejarias que já estão a servir caracoladas e dizemos-lhe oito sítios onde pode comer caracóis em Lisboa. 

Publicidade
quinta das conchas, lumiar, parque, jardim,
Fotografia: Duarte Drago
Coisas para fazer

Estique-se ao comprido nestes jardins

Em Lisboa há parques para todos os gostos e nós escolhemos os melhores para brincar com os miúdos, ler um livro ou fazer um piquenique, independentemente da altura do ano. Afinal todos os dias são bons para uma pausa num destes parques e jardins de Lisboa. Do jardim da Estrela ao pulmão verde de Lisboa – falamos do Monsanto, pois claro –, espaços verdes não faltam na cidade. Com parques infantis, espaços para praticar desporto e correr ou simplesmente para se deixar estar. Vale tudo, menos ficar em casa. 

out jazz
Cortesia Out Jazz
Coisas para fazer

Passe os domingos no Out Jazz

icon-location-pin Parque da Belavista, Marvila
icon-calendar

O Somersby Out Jazz está de volta e nesta 13.ª edição traz novidades: há dois jardins que entram na corrida ao melhor lugar deitado na relva, o Parque da Bela Vista (Setembro) e a Ribeira das Naus (Agosto). Até Setembro é assim que pode aproveitar os domingos, sem ter de pagar nada. Os estreantes juntam-se assim aos Jardins do Campo Grande (Junho) e Jadim da Estrela (Julho), para acolher as longas tardes de jazz, soul, funk e hip-hop. Tome nota: todos os domingos até Setembro a partir das 17.00 e sempre de entrada livre.

Publicidade
CINE SOCIETY
©DR
Filmes

Ao ar livre e às escuras: veja um filme

É Verão, os dias estão mais quentes e as noites tendem a ficar agradáveis demais para serem passadas em frente à televisão. Vá arejar para um cinema ao ar livre em Lisboa, com vista para as estrelas no ecrã e no céu – é um programa perfeito quer esteja sozinho ou acompanhado, mesmo que às vezes seja aconselhável uma manta. Por isso, não hesite: arranje o melhor lugar e vista um casaco se a noite ficar fresquinha. De clássicos do cinema a filmes acabadinhos de sair dos Óscares, em bares com vista ou nos melhores parques e jardins da cidade, este ano volta a valer a pena trocar o escurinho do cinema pelo céu estrelado para assistir a grandes filmes ao ar livre. 

Crispy Mafya
©Manuel Manso
Restaurantes, Petiscos

Lambuse-se com os melhores petiscos baratos em Lisboa

Vem o calor e juntar amigos e fazer do petisco refeição em almoçaradas, lanches ajantarados ou finais de tarde é quase lei. Nesta selecção encontra todo o tipo de petiscos baratos, dos mais tradicionais aos mais modernos, como as espetadas de corações de galinha ou os ovos com espargos aos pedaços de frango frito servidos em cone de gelado, em restaurantes clássicos ou novidades. Faça a gestão do seu orçamento: todos estes petiscos têm o preço máximo de 10€, para lamber os dedos e não a carteira. 

Publicidade
Rio Maravilha - Esplanada
©Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Junte amigos e vá beber um copo ao fim do dia

O trabalho, esse padrasto da diversão, inimigo da produtividade, pesadelo recorrente de cada segunda-feira – ou do dia em que tenha de regressar, sim, porque não há cá exclusões. Podíamos continuar a estender a lista de razões pelas quais precisamos de inverter a marcha e beber um copo ao final do dia. Mas calma, também não culpamos o trabalho por tudo, e a verdade é que a vontade de encostar os lábios a um qualquer copo não precisa de justificação. Com isto em mente, seja qual for a sua vontade, deixamos-lhe uma lista dos melhores sítios para beber um copo ao fim do dia em Lisboa e relaxar à séria.  

quiosque caricato
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Sabe quais são os melhores quiosques em Lisboa?

Já lá vai o tempo em que os quiosques eram sinónimo de jornais e caramelos. Os quiosques não exigem mesa marcada com três dias de antecedência e estão sempre de esplanadas postas para nos acolher no final de um dia de trabalho, quando a luz ainda não escasseia, seja para uma cerveja fresca, um cocktail ou um petisco. E quando achávamos que já estava bom, eis que nascem novos quiosques, com refeições saudáveis, cadeiras para praticar o bronze e um cartaz de festas diversas. Na dúvida, são estes os melhores quiosques em Lisboa para começar bem o dia ou para o terminar com um brinde à cidade. É só escolher. 

Publicidade
Nossa Senhora do Monte miradouro
©Inês Calado Rosa
Coisas para fazer

Tenha as melhores vistas da cidade

Não é exagero se dissermos que Lisboa é uma das cidades europeias com mais miradouros. Todos com vistas espectaculares sobre os telhados da cidade, os monumentos mais imponentes, o Tejo, a Ponte 25 de Abril ou a outra margem. O turismo pode ter invadido o centro mas ainda há pérolas intocadas quando o assunto se resume a pontos com vistas previligiadas. E sem ter de pagar por isso. Então só tem de escolher um dos melhores miradouros em Lisboa. Se a decisão se revelar difícil, a maioria não vai a lado nenhum e espera por si num dia de sol (ou de chuva).

arrábida
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Rume às melhores praias a uma hora de Lisboa

Costa da Caparica, Linha de Cascais, Sintra, Oeste, Arrábida, Tróia e Comporta: os melhores areais ficam mesmo aqui à beira. Não custa pegar no carro ou enfiar-se nos transportes para chegar a um destes paraísos bem perto da cidade para aproveitar os dias quentes. Com amigos, em família, ou até mesmo sozinho. 

Publicidade
FESTIVAL SUPER BOCK SUPER ROCK 2014
Fotografia: Arlindo Camacho
Música

Guie-se pelos festivais de Verão

Os festivais de música estão para o Verão como a chuva está para o Inverno: sabe bem de vez em quando, e mesmo quem não gosta reconhece que faz falta. Ao contrário da chuva, no entanto, há cada vez mais e maiores festivais. E há para todos os gostos. Desde megaproduções, como o NOS Alive, a festivais um pouco mais pequenos mas ainda assim grandes, como o Super Bock Super Rock e o Vodafone Paredes de Coura, e eventos mais especializados como o Jazz em Agosto, o Festival Forte ou o FMM Sines. É só escolher. 

Enseada de Santa Marta
Fotografia: Joana Freitas
Coisas para fazer

Come, compre e passeie em Cascais

Às idílicas praias junta-se uma agenda de eventos preenchidérrima, restaurantes fantásticos, imeeeenso espaço para fazer desporto e, claro, carradas de novidades. Para quem acha que em Cascais não há nada mais do que praias bonitas e ondas para surfar, temos mais de duas mãos cheias de sugestões que provam o contrário e dão matéria para passar um dia completo (e os que mais quiser) na vila. Entre comer, comprar e passear, vai de certeza ficar com vontade de ir dar um mergulho. Se o tempo não estiver para brincadeiras, pode fazer uma pausa para um café e um mimo, doce ou salgado. 

Publicidade
Palace da Pena
@PMSL/Emigus
Coisas para fazer

Fuja da cidade e vá a Sintra. Há muito que fazer

Há muito mais do que 37 coisas para fazer em Sintra, bem sabemos. Nem é preciso falar do sem-fim de personalidades que já andaram a passear pela vila, do físico e inventor italiano Marconi ao piloto brasileiro de Fórmula 1 Ayrton Senna, da actriz norte-americana Gloria Swanson à banda irlandesa de rock U2. Há aqueles clássicos, a que vamos pelo menos uma vez na vida – e se não o fizemos, não podemos admitir, tal é a falha. Sim, vá lá a correr à Regaleira que nós esperamos por si. Mas, se numa escapadinha de fim-de-semana, conseguir fazer “check”em todas as nossas sugestões, está no bom caminho para descobrir o que há de melhor na serra de Sintra. E a parte boa é que se estende até ao mar. Basta pôr-se a caminho da costa e farejar as melhores praias da região. 

Piquenique Miolo
©Inês Félix
Coisas para fazer, Caminhadas e passeios

Estenda a toalha e pouse a cesta recheada do piquenique

Sabemos (e já lhe dissémos) quais são os melhores sítios para fazer piqueniques em Lisboa. Mas se é daqueles que não gosta ou não tem tempo para a logística de preparar o cestinho de verga recheado de iguarias, pode sempre optar por ir buscar a papinha toda feita. A pensar em si, seleccionámos dez ofertas de piqueniques na cidade que vão desde os piqueniques tradicionais a exemplares de luxo, sejam para saídas em família, para namorar a dois ou para pequenas escapadinhas que consiga fazer em dias de trabalho. Assim, é só pegar no cesto, estender a toalha num destes relvados e praticar o ócio deitado na relva e ao sol, sem ter de se preocupar com o farnel.  

Publicidade
Noites de Verão
Sara Rafael
Música

Embale nestas Noites de Verão

icon-location-pin Museu de Arte Contemporânea do Chiado, Chiado
icon-calendar

Os finais de tarde pedem esplanadas, jardins e convívios, e se houver música à mistura melhor ainda. Nesse sentido, as Noites de Verão da Filho Único, durante os meses de Julho e Agosto, são um oásis de concertos numa altura do ano em que a música ao vivo começa a desaparecer da cidade, secada pelas férias e os festivais. Com entrada livre e início todas as sextas pelas 19.30, realizam-se no Jardim dos Coruchéus, em Julho, e no jardim das esculturas do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado (MNAC), em Agosto.

Nivà
©Manuel Manso
Restaurantes

Copo ou cone? Coma uma destas delícias geladas

Basta o sol brilhar e a temperatura subir um pouco que um gelado torna-se logo no melhor aliado. Desde os de fruta, de pêra, limão ou framboesa, aos clássicos, como pistáchio, straciatella ou bolacha maria, o céu é o limite no mundo dos gelados (ou gelatos, que as perdições italianas são cada vez mais na cidade). E a verdade é que a lista das melhores gelatarias não pára de engordar de ano para ano. Nesta selecção, tem das mais antigas às mais recentes, incluindo o lugar perfeito (talvez o único) para apreciar um gelado alcoólico servido em cocktail ou como shot. Coma (ou beba) rápido, antes que derreta.

Publicidade
Piscina praia das maçãs
DR
Coisas para fazer

Dê um mergulho nestas piscinas oceânicas

O tempo quente pode chegar tardio, mas chega. Está na hora de se banhar de creme protector, estender a toalha na espreguiçadeira – ou onde se sentir mais confortável – e deixar que o sol e o calor façam o seu trabalho, com intervalos marcados por mergulhos aquáticos. Mas não são uns mergulhos quaisquer. Estas são piscinas de água salgada: é essa, aliás, a maravilha das piscinas oceânicas – um fingimento de que estamos no mar, mas num ambiente controlado, sem areia (que é uma chatice para muitos) e sem a agitação marítima das ondas. Tome nota e prepare-se para nadar sem preocupações.

Bar do Fundo
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Coma bem, desfrute do sol, da areia e do mar

Restaurante onde dá para ir ao banho é, muitas vezes, sinónimo de banhada, porque quem serve com boas vistas acha por vezes que o resto é paisagem, toma o cliente por garantido e pouco cuida do que serve e da qualidade do serviço. Partimos então da Ericeira a Sintra, de Cascais a Carcavelos e da Costa da Caparica à Comporta, para chegar a este roteiro de restaurantes, bares e esplanadas de praia. Sempre à beira-mar, a comer e beber o melhor que há junto à costa. Felizmente, percebemos que são cada vez mais as excepções que contrariam esta regra.

Publicidade
Coisas para fazer

Não tenha medo do Lusco-fusco

icon-location-pin Polo Cultural Gaivotas|Boavista, Chiado/Cais do Sodré
icon-calendar

Está de volta a programação cultural Lusco-fusco no Polo Cultural Gaivotas. O pátio recebe a quarta edição deste evento que junta música, cinema, performance e gastronomia na mesma equação. Desta vez pode contar com dez sessões de cinema ao ar livre, jantares temáticos de Moçambique, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe, DJ sets e concertos de Mar & Sol Sound System, Blyk Tchutchi, Jasmim e Sallim. E ainda uma série de de performances do Colectivo Lost Content e peças de teatro de João Fiadeiro e Maria João Falcão. 

Verão em Lisboa

Coisas para fazer

O melhor do Verão em Lisboa

Este ano ele armou-se em difícil, mas qualquer dia temos o Verão aí à porta. E, com ele as esplanadas, os caracóis e a sardinha assada, os festivais e o cinema ao ar livre. Não sabe o que vestir, onde ir ou o que fazer? Não se preocupe – nós damos uma ajuda. Renove o guarda-roupa, refresque-se com o que de melhor se faz nos bares e aproveite os espaços verdes para se estender e relaxar. 

Latitid 2019
Joel Bessa
Compras

As melhores lojas de marcas portuguesas de fatos de banho

Dos modelos mais arrojados aos mais discretos, dos mais decotados aos fatos de banho mais tapadinhos, basta escolher aquele com que vai apanhar banhos de sol e de água salgada, ou doce se for o caso. Na dúvida escolha já mais do que um e use como desculpa o facto das tiras, recortes e folhos ficarem logo marcados na pele na primeira ida para o sol. Fizemos um roteiro pelas melhores lojas de marcas portuguesas de fatos de banho. Haja calor para ir desfilar o modelito para os areais.

Publicidade