Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Vaga de frio em Lisboa: o que fazer quando o Inverno aperta
Chapitô
Duarte Drago

Vaga de frio em Lisboa: o que fazer quando o Inverno aperta

Podem vir massas de ar polar, descidas das temperaturas mínimas e alertas de todas as cores: na Time Out Lisboa temos sempre ideias quentinhas.

Por Francisca Dias Real
Publicidade

Esplanada, com este frio? Enquanto não chover, somos a favor de esplanadas, e as que aqui lhe sugerimos já a seguir são aquecidas e até providenciam mantas. Mais quentes são as chávenas de chocolate quente pelos vários cafés da cidade, assim como as tábuas e lanchinhos que lhe sugerimos para aquecer corpo e alma. Mas como este ano é atípico em todos os sentidos, o Inverno e o frio também se combatem ficando mais tempo em casa e, ainda assim, com tanto que fazer e com possibilidade de ajudar os negócios mesmo sentado no sofá. Vá aonde for, importante é estar equipado a rigor (máscara incluída), o frio é que não pode servir de desculpa para não ter o que fazer. 

Recomendado: Os melhores passeios em Lisboa para fazer em Lisboa

O que fazer quando o Inverno aperta

Noobai
Noobai
Fotografia: Manuel Manso

Marque lugar nestas esplanadas nos dias frios

Coisas para fazer

Somos bons esplanadores e não é o Outono ou o Inverno que nos vão fazer sair da cadeira ao lusco-fusco, no máximo será a pandemia a impedir-nos de levar uma vida dita normal. Mas com todos os cuidados, ainda pode ir aproveitando os espaços que a cidade tem para lhe dar, os finais de tarde frios que são aquecidos pelas esplanadas de Inverno, com aquecedores e mantinhas, e esta ou aquela bebida que aquece a alma. Temos propostas à beira-rio, nas alturas ou outras mais escondidas dentro de edifícios. Das já clássicas às novidades mais recentes, estas são as melhores esplanadas para os dias frios.

Lupita
Lupita
©Manuel Manso

Ajude os negócios no conforto do lar

Restaurantes

Os restaurantes estão abertos a pedir a sua visita. Os empregados servem-no de máscara (os clientes têm de as usar quando se movimentam dentro do restaurante, seja para espreitar o aquário do marisco ou ir à casa de banho), há desinfectantes em todo o lado e as mesas estão afastadas uma das outras. É a nova realidade da restauração na era pós-pandemia mas, mesmo aqueles restaurantes que nunca pensaram fazer entregas ao domicílio e começaram durante este período, mantêm-se com entregas e take aways. Porque há receios e, acima de tudo, porque este é o modelo de negócio possível. Mantenha o seu apoio aos restaurantes locais, mantenha os rituais de brunch, prove uma boa massa fresca, hambúrgueres nascidos na quarentena ou ainda comida de autor e experiências gastronómicas preparadas para o conforto do lar e longe do frio que está lá fora.

Publicidade
Bounce
Bounce
©DR

Dê um salto (ou dois, ou três)

Coisas para fazer

Tudo a saltar, tudo a saltar – qualquer semelhança com um hino-urbano-clubístico é pura coincidência. Até porque quem passa a ombreira da porta nestes parques de trampolins sabe que é para saltar como se tivesse molas nos pés e quisesse chegar ao infinito e mais além. Instalam-se em grandes armazéns, normalmente na periferia, com um grande pé alto e espaço para receber rampas, camas elásticas e trampolins para os mais pequenos e para os crescidos, que também podem ser crianças quando o espírito interior assim o quiser. Descubra estes parques de trampolins em Lisboa e leve a família atrelada, o plano perfeito para saltar do frio exterior para a transpiração do esforço no interior. 

Chocolate quente da Confeitaria Nacional
Chocolate quente da Confeitaria Nacional
©Arlindo Camacho

Afogue as mágoas nestas chávenas de chocolate quente

Restaurantes

Cremoso, com ou sem chantilly por cima, quente e bem docinho. Se o que lhe aquece realmente a alma (e as mãos) é o chocolate numa versão líquida, esta é a altura certa para correr as capelinhas todas em busca de uma chávena de chocolate a fumegar e colocar a gulodice em dia. Aqui damos-lhe uma lista de sítios para beber chocolate quente em Lisboa com um grau de cacau mais ou menos elevado, com rum e até com licor de laranja. Mais ou menos doce, estas canecas são um tiro certeiro para curar todos os males.

Publicidade
MAAT - Museu Arte, Arquitectura e Tecnologia
MAAT - Museu Arte, Arquitectura e Tecnologia
Fotografia: Manuel Manso

Meça a temperatura destes museus

Arte

Queremos ajudar a tornar os dias mais culturais, esteja sozinho ou com a família toda atrelada. As temperaturas baixam e é sempre uma opção refugiar-se dentro de um destes museus ou galerias, até porque é impossível não ter o que ver. Não queremos que se perca e por isso dizemos-lhe quais as exposições a que deve prestar atenção em Lisboa. Não há desculpas para não sair de casa.

Fantasia (1940)
Fantasia (1940)
©DR

Alapar no sofá e pôr as séries e filmes em dia

Filmes

Há cada vez mais e melhores serviços de streaming de séries e filmes. O mais recente é o Disney+ que, além de todos os clássicos da Disney, tem conteúdos das marcas e dos estúdios adquiridos pela casa do Rato Mickey ao longo dos anos, como a Pixar, a Marvel, a Lucasfilm, a National Geographic ou a Fox (vale a pena explorar os filmes, acredite). Mas se preferir enrolar-se no sofá com uma manta na companhia de outros serviços pode sempre consultar aqui o melhor da Netflix, da HBO e da Amazon.

Publicidade
locked riddles
locked riddles
©Luciano De polo

Escape ileso (e quentinho) destas salas

Coisas para fazer

Os escape games chegaram timidamente a Lisboa, mas rapidamente se multiplicaram que nem cogumelos. São cada vez mais, maiores, mais diversificadas e difíceis estas armadilhas para intelectuais masoquistas. Os níveis de dificuldade variam e os temas são sempre diferentes. Basta percorrer a Baixa de Lisboa para encontrar diferentes opções, com tramas que envolvem crimes, a Revolução dos Cravos, Fernando Pessoa, os Descobrimentos ou o vinho do Porto. Reúna os amigos nestes dias mais fresquinhos, foque-se nas pistas, tente resolver a charada e raspe-se dos quartos que se seguem.

cafetaria simpli
cafetaria simpli
Fotografia: Manuel Manso

Comida de conforto? Sim, por favor

Restaurantes

Todos sabemos que o pequeno-almoço é aquela refeição que nunca devemos saltar mas os médicos defendem também que não devemos ficar mais do que duas a três horas sem comer e por isso há que cumprir a recomendação. Comece já a pensar onde vai lanchar. Seja durante uma tarde de trabalho, para matar saudades daquele amigo ou familiar e pôr conversa em dia, ou ao fim-de-semana para ficar toda a tarde a relaxar. Nestes sítios para lanchar em Lisboa sai sempre revigorado e de barriga cheia: estamos a falar de pain au chocolat, croissants, dónuetes, tostas, bowls, éclairs doces ou salgados. Enfim, tudo o que grita conforto para dias em que o frio aperta. 

Publicidade
Manteigaria Silva
Manteigaria Silva
©Duarte Drago

Ponha o jogo todo em cima da tábua

Restaurantes

Faça contas à vida para, ao final da tarde, poder sentar-se sossegado a relembrar a tabuada. Não se alarme se não é amigo de números porque nesta lista fala-se é das tábuas de queijos e enchidos tão carregadinhas que o mais provavél é que já as conheça de cor. Afinal, uma tábua de queijos e enchidos é aquele clássico das patuscadas com amigos que nunca se deve ignorar, sobretudo quando o frio começa a apertar. O melhor de tudo é que na maioria destes sítios as tábuas ainda não estão pré-definidas, portanto pode juntar o útil ao agradável: conhece um sítio novo e escolhe o que quer, entre queijos e enchidos ou uma mista para provar de tudo.

zoo de lisboa
zoo de lisboa
Jardim Zoológico de Lisboa

Ligue-se a estes eventos em streaming

Coisas para fazer

A ordem é outra vez para ficar em casa tanto quanto possível e evitar aglomerados de pessoas. Com o Estado de Emergência em vigor, muitos eventos continuam cancelados ou foram adiados, na esperança de brevemente podermos todos recuperar os bons e velhos hábitos de ir apanhar sol para os jardins ou ver um grande concerto sem medos. Mas nada tema: olhe para o copo meio cheio. Há pelo menos uma grande vantagem. Agora pode usufruir de eventos que se realizam noutras geografias, de norte a sul do país e até no estrangeiro. Organize a agenda, puxe a mantinha e ligue-se nestes eventos em streaming.

Publicidade
The Vintage Hotel & Spa
The Vintage Hotel & Spa
©DR

Aproveite para relaxar e abrir os poros nestes spas

Saúde e beleza

Deitado na marquesa, aromas florais, cítricos ou assim aquele incenso a dar o ar da sua graça, tudo numa sala escura com música relaxante (o chilrear dos passarinhos acalma muita gente) – este cenário é o que encontra num spa quando entra na sala de tratamentos. Aliviar tensões, fazer drenagens, relaxar os músculos e libertar a mente de preocupações, pelo menos durante aqueles minutos que parecem passar a correr quando alguém nos põe as mãos em cima. Estas massagens são capazes de fazer esquecer todos os males do mundo, e é deitado que apetece ficar até à eternidade, até porque se há locais com a temperatura controlada ao milímetro são estes.

Cinema, Filmes, Cinemateca de Lisboa
Cinema, Filmes, Cinemateca de Lisboa
©DR

Esconda-se no escurinho e no quentinho do cinema

Filmes

Se é daqueles que não deixa passar uma estreia, pode espreitar os filmes em cartaz a cada semana nos cinemas mais comerciais. Mas, se é um verdadeiro cinéfilo (ou um aspirante a), deve ter em mente que algumas pérolas do cinema escapam às grandes salas. São clássicos para ver e rever – ou apenas filmes fora da rota comercial e por isso fora dos grandes centros comerciais. Para não perder nada, todas as semanas damos-lhe as melhores sugestões de cinema alternativo em Lisboa, habitualmente em salas muito especiais e, certamente, mais quentinhas que o ar gélido da rua por esta altura. 

Outras ideias para aquecer

Restaurante, Pap'Açorda, Time Out Market, Canja de Rabo de Boi
©Gabriell Vieira

Sítios para comer canja em Lisboa

Restaurantes

Há quem diga que é sopa de doente esqueça esse ultraje. Na versão clássica, a base é o caldo onde é cozida a carne, ao qual se junta arroz ou massa dependendo da região. Há quem lhe acrescente também hortelã e cenoura. O que é certo é que se for bem feita não fica um caldinho insonso e é bem capaz de aconchegar um dia mais frio.

Câmara Municipal de Lisboa
©CML

A agenda cultural de Lisboa que não pode perder

Coisas para fazer

Pode odiar muitas coisas em Lisboa: reconhecemos que a nossa cidade tem uma série de defeitos, mas se há coisa de que não se pode queixar é da agenda cultural. É verdade, mesmo em tempos difíceis como os que agora se vivem, Lisboa continua a ter eventos de toda a espécie a preencher-lhe o calendário. Isto sempre com todas as medidas de segurança que agora se impõem, está claro.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Best selling Time Out Offers
        Publicidade