17 ideias para sobreviver à chuva em Lisboa

A chuva dá-lhe uma súbita e incontrolável vontade de hibernar? Damos-lhe boas ideias para tolerar a chuva em Lisboa bem melhores do que enfiar-se numa toca à espera do Verão

Fotografia: Arlindo CamachoChuva em Lisboa, tanto para fazer

Não precisa de ficar triste só porque o céu está a chorar. Encare a precipitação com calma e faça planos impermeáveis às condições meteorológicas. Quem diria que, afinal, a chuva em Lisboa pode ter os seus encantos?

17 ideias para sobreviver à chuva em Lisboa

1

Teste a pontaria num jogo virtual

Há um novo jogo no Zero Latency, a experiência de realidade virtual imersiva que chegou ao Dolce Vita Tejo no final de 2017. Uma odisseia no espaço depois do apocalipse zombie, mas sempre com um objectivo comum: apontar e disparar contra o inimigo. Fomos experimentar para lhe poder contar tudo e recomendamos que siga o nosso exemplo. Chuva? Nem vê-la.

Por Cláudia Lima Carvalho
2

Prepare uma remodelação em casa

Quem é que precisa de contratar um decorador quando tem as melhores lojas de decoração de Lisboa mesmo à mão de semear? Dos candeeiros às cadeiras, do vintage às linhas mais contemporâneas, as novas tendências já espreitam e se a missão dos próximos tempos é mesmo redecorar, então estas lojas são paragens obrigatórias.

Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade
3

Siga a nossa banda sonora

Porque ficar em casa com a chuva lá fora a cair é uma das melhores coisas que pode fazer, pelo menos de vez em quando, damos-lhe a banda sonora perfeita. Eis dez canções para dias de chuva.

Por José Carlos Fernandes
4

Salte

Desde que abriu no fim de 2015, o Bounce tem levado à letra o grito que se costuma ouvir em jogos do Benfica: “Tudo a saltar!” Aqui toda a gente salta nos mais de 100 trampolins e até já se inventou uma espécie de jogo do mata nas alturas, o dodgeball. Quem lá trabalha pode recomendar o melhor trampolim para quem procura voos dignos de super-herói, como os do Super Tramp, com cinco por cinco metros, “o preferido dos atletas e ginastas avançados”, dizem-nos. Se a ideia é uma atracção mais à Cirque du Soleil, salte na The Wall, o objectivo é andar pelas paredes e garantem eles que é “mais fácil do que parece”. Prometemos que por mais que chova lá fora, o Bounce nunca mete água. 

Grande Lisboa
Publicidade
5

Abra a carteira e vagueie pela internet

Gostamos de opinar sobre os seus programas fora de casa, mas, à falta de sol, queremos que fique sentado a olhar para o computador. Algumas das melhores compras estão à distância de um clique e temos 22 sugestões de lojas online para todas as necessidades, gostos e carteiras: vai encontrar roupa, acessórios, sapatos, jóias, decoração, artesanato, livros e presentes. Haja dinheiro no cartão de crédito para um carrinho tão cheio de coisas boas. Estes são os melhores sites para ir às compras.

Por Editores da Time Out Lisboa
6

Cultive-se nos museus da cidade

Conhece as propriedas do pó de múmia? E o nome da imagem do arcanjo que seguiu nas naus portuguesas em jeito de protecção? Não imagina as histórias que guardam os museus em Lisboa, com peças para todos os gostos. É obrigatório conhecer estas obras de arte, sempre bem abrigado. 

+ Os cinco museus mais estranhos de Lisboa

Por Mauro Gonçalves
Publicidade
7

Dê um mergulho numa piscina aquecida

No Spa Aquae do Hotel Dom Pedro Palace pode aproveitar para relaxar na piscina mesmo que não esteja lá hospedado. Além das massagens e do jacuzzi, a piscina coberta é aquecida e tem cromoterapia, um tratamento que equilibra a energia do corpo pela acção de luzes e cores. O Kit Spa custa 7,50€ e inclui tudo o que precisa para um banho dos deuses: roupão, toalha e chinelos. Saiba que as crianças até aos 14 anos não ficam de fora e também podem refugiar-se da chuva dentro de água, entre as 12.00 e as 17.00, com vigilância dos pais, claro.

Campolide
8

Abrigue-se num café cheio de pinta

Seja para tomar o pequeno-almoço, lanchar com a família ou encontrar amigos, ir ao café é um hábito bem português. Estes são os lugares que não dispensamos na hora da bica: os melhores cafés em Lisboa, paragens essenciais quando lá fora o tempo faz caretas. 

Por Mariana Correia de Barros
Publicidade
9

Ataque um cocktail, ou mais

É claro que há sempre quem coma gelados no Inverno, quem não deixe de beber cerveja que sai directa do congelador. Mas faz parte do nosso trabalho falar para aqueles cujas amígdalas desatam a ceder. Os cocktails que aqui lhe sugerimos têm quase todos bebidas quentes, daquelas que tendem a arder, sabores secos e invernosos. Nada como um bom cocktail para lhe aquecer a alma. Aqui estão seis.  

Por Miguel Branco
Publicidade
11

Não desista de ficar em forma

Equilíbrio dentro da piscina, ballet para totós, treinos de alta intensidade e exercícios para quem não tem medo de alturas – está oficialmente aberta a época do regresso ao ginásio, mesmo que lá fora chova a potes. E já que é para suar à grande, ao menos que também seja divertido. Estas não só são as mais animadas, como também as mais recentes aulas que os ginásios em Lisboa têm para oferecer.

Por Mauro Gonçalves
12
Livros? A biblioteca ajuda-o

Livros? A biblioteca ajuda-o

Há quanto tempo não inala o cheiro característico de centenas de livros acumulados? Há quanto tempo não espirra ao pé de pilhas e pilhas de papel e histórias? Não há muito alarido à volta das bibliotecas de Lisboa – porque não se pode fazer barulho – mas são perfeitas para pôr a leitura em dia. A Biblioteca de São Lázaro (Rua do Saco, 1) tem uma das mais belas salas de leitura e a maior colecção portuguesa de literatura infantil. Mais central é a Biblioteca Camões (Largo do Calhariz, 17), um oásis de silêncio numa das zonas mais movimentadas da cidade.

Publicidade
14

Medo da chuva? Mais vale medo em ambiente aquecido

O medo emagrece. Duvida? Experimente desmoer o almoço no Labirinto Lisboa a ver se a barriga não encolhe. Um punhado de actores adaptam lendas como "A Padeira de Aljubarrota", "O Sanatório da Serra da Estrela" ou "O Tribunal da Inquisição" e encenam tudo à sua volta, como se o enfiassem no meio de um filme de terror. Se acha que isto só assusta mariquinhas, saiba que, desde que abriu portas em 2015, o Labirinto já recebeu mais de 15 mil visitantes e que desses, uns 600 não aguentaram até ao fim. Antes de sair a correr, lembre-se que lá fora está de chuva.

+ 10 histórias hilariantes sobre a casa de terror Labirinto Lisboa

Chiado/Cais do Sodré
Publicidade
15
Teste a sua elasticidade no LaserMaze

Teste a sua elasticidade no LaserMaze

Sabe aquele friozinho no estômago que nos dá sempre que estamos prestes a roubar um diamante num museu de alta segurança? Claro que não sabe, mas pode experimentar no LaserMaze, um jogo que recria as cenas palpitantes de filmes como Missão Impossível. Para ganhar, o jogador tem de passar por um labirinto de raios infravermelhos e resgatar um diamante sem ser detectado. Cada tentativa custa 2€/pessoa mas também pode alugar a sala durante uma hora por 120€. 

Centro Playbowling Cascais, Rua Chesol 35 (Cascais). Segunda a quinta, das 15.00 à 01.00; sexta das 15.00 às 03.00; sábado das 11.00 às 03.00; domingo das 14.00 à 01.00. Reservas através do 91 734 4437.

16
Grite 'Bingo!'

Grite 'Bingo!'

Quando foi inaugurado, em 1986, o Bingo do Belenenses tinha a maior sala da Península Ibérica, com 600 lugares. Por isso não vai ter problemas em arranjar lugar, pegar nas canetas de feltro e começar a riscar cartões. Não deixe de usufruir do esmerado serviço de bar. Está aberto 365 dias por ano faça chuva, ou faça sol, 12 horas por dia.

Avenida João Crisóstomo, 15 (Saldanha).21 319 1550. Das 15.00 às 03.00.

Publicidade
Mostrar mais

Lisboa indoor

Os melhores museus em Lisboa: 20 que tem mesmo de visitar

Alguns museus ainda funcionam como a arrecadação lá de casa: servem para amontoar tralha. Mas as coisas estão a mudar, a começar pelo impressionante Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia e a acabar na proposta do Governo de fixar a entrada gratuita para quem tem menos de 30 anos de idade. Deixamo-lo com uma visita guiada aos melhores museus em Lisboa, dando razões para redescobrir os clássicos e ideias para explorar colecções surpreendentes.

Por Editores da Time Out Lisboa

Os melhores bares de cerveja em Lisboa

A cevada alimenta e uma pesquisa rápida no Google vai levá-lo a sites (alguns mais duvidosos que outros) que lhe apontam alguns benefícios: para a pele, para os intestinos e até para os ossos, imagine-se. Não estamos a arranjar-lhe desculpas para beber cerveja, mas deixamos aqui nove sítios que deverão ser suficientes: são os melhores bares de cerveja em Lisboa. Do novo Delirium Café, no Chiado, com um número recorde de torneiras na cidade, ao tap room das Dois Corvos, com cerveja feita ali mesmo, em Marvila, é escolher um sítio para beber uma cerveja artesanal ao final do dia.

Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Os melhores sítios para tomar café em Lisboa

O que era simples tornou-se complexo. As novas cafetarias moem o café na hora e filtram-no através de processos delicados. Foram dias de insónias, mas aqui está a lista dos melhores sítios para tomar café em Lisboa.

Por Mariana Morais Pinheiro

Comentários

0 comments