Dia dos Namorados em Lisboa

Não sabe o que fazer no Dia dos Namorados em Lisboa? Siga as nossas dicas e amor não lhe vai faltar

Hotel Fontecruz Lisboa
Fotografia: Matilde Cunha VazHotel Fontecruz Lisboa

Não seja careta, por mais comercial que possa ser, o Dia dos Namorados, 14 de Fevereiro, pode ser um dia bem especial. Seja passado num hotel em Lisboa, onde não faltam programas à medida, ou numa escapadinha bem romântica – aproveite e peça a sexta-feira no trabalho e fique com um fim-de-semana grande. Se gosta de marcar a data sem altos voos, fique a par dos melhores restaurantes para surpreender a sua cara-metade, as festas para prolongar a noite e os programas para que não lhe falte amor. Lisboa tem respostas para tudo e todos, até para os solteiros que só querem fugir ao Dia dos Namorados.

Siga o nosso guia com o melhor para fazer no Dia dos Namorados em Lisboa. Mesmo que não queira sair de casa.

Especial Dia dos Namorados

Coisas para fazer no Dia dos Namorados
Coisas para fazer

Coisas para fazer no Dia dos Namorados

De mãos dadas com o São Valentim, descobrimos os eventos em Lisboa desenhados à boleia de mais um Dia dos Namorados. Há actividades para todos os feitios, desde um espectáculo de burlesco, para quem quer apimentar este dia especial, ao festival de música mais romântico, para os que não dispensam um bom cliché. Mas, se está solteiro, não se preocupe: também temos propostas para si, sem lamechices, apenas a dose certa de magia ou aconchego. Desconfiado? Ora espreite estas coisas para fazer no Dia dos Namorados, a pensar tanto nos apaixonados como nos encalhados. Recomendado: 13 filmes românticos para ver na Netflix

Restaurantes com menu do Dia dos Namorados
Restaurantes

Restaurantes com menu do Dia dos Namorados

Os restaurantes em Lisboa não perdem uma oportunidade para criar menus especiais para o dia mais romântico do ano (ou piroso, como queira). Em regra, não são baratos. Mas prometem fazer milagres pela sua vida amorosa. Há de tudo e a maioria são criações exclusivas para esta noite, afinal é quando muitos gostam de puxar pelos galões e pela criatividade dos chefs, no caso do fine dining, mas garantimos que não é só show-off e se não sair de casamento marcado, sai de barriga reconfortada. Reserve já a sua mesa num destes restaurantes com menu do Dia dos Namorados em Lisboa. Recomendado: Os melhores restaurantes para um jantar a dois em Lisboa

Coisas românticas para fazer em Lisboa
Coisas para fazer

Coisas românticas para fazer em Lisboa

Passeios de barco ou de bicicleta, jantares românticos, massagens a dois, danças sensuais, leituras à beira-rio, flores e chocolates. Seja às prestações ou para abraçar de uma assentada só, mais ou menos lamechas, com direito a clichés e sem, Lisboa tem alguns dos elixires obrigatórios para um romance sempre muito bem regado e duradouro. Pode ser da luz, do sol de Inverno – e de Verão, na verdade – da arte, dos miradouros, as razões são muitas e boas. Só tem de ter atenção a uma coisa: o que se segue não é aconselhado a corações insensíveis. Descubra as melhores coisas românticas para fazer em Lisboa.

Sítios românticos em Lisboa para casais apaixonados
Coisas para fazer

Sítios românticos em Lisboa para casais apaixonados

Está complicado encontrar um sítio com poucas pessoas em Lisboa e que ao mesmo tempo consiga derreter corações. Mas é possível. Seja no escurinho do cinema, no meio do rio Tejo, num canto de um jardim, a olhar para as estrelas ou num hotel que mais parece destinado a príncipes e princesas sem ser da Disney, há opções que até podem convencer cépticos corações empedrados. Se tem um desses, está na altura de baixar a guarda e espreitar estes sítios românticos em Lisboa.

Restaurantes para o pedido de casamento em Lisboa
Restaurantes

Restaurantes para o pedido de casamento em Lisboa

Já todos sabemos, um passo em falso e pode ir tudo por água abaixo. Por isso respire fundo que nós temos a solução: restaurantes com vista para o rio ou para o mar, com aquários de medusas ou com pátios interiores, com massagens ou pratos de trufas. Todos eles românticos q.b. para que o momento do "sim" seja especial. Fizemos-lhe uma lista com os melhores restaurantes para o pedido de casamento em Lisboa onde pode ser lamechas à vontade. Só não vale enfiar o anel numa flute de espumante. Boa sorte. 

Cinco coisas que não sabe sobre o Dia dos Namorados
Coisas para fazer

Cinco coisas que não sabe sobre o Dia dos Namorados

Um encanto para uns, um enjoo para outros. O Dia de São Valentim, ou Dia dos Namorados, é um verdadeiro frenesim consumista, mas por outro lado é mais uma desculpa para celebrar o amor e ir jantar fora. Em Lisboa temos um santo casamenteiro e vai ler já de seguida como Santo António também está de alguma forma ligado ao Dia dos Namorados, embora longe de Portugal. De qualquer forma, assim sempre temos a oportunidade de falar sobre namoro e casamento duas vezes por ano, a 14 de Fevereiro e a 13 de Junho, feriado municipal em honra ao santo do amor lisboeta. Recomendado: Seis filmes sobre o Dia dos Namorados  

Fuja da rotina com estes planos alternativos para o Dia dos Namorados
Coisas para fazer

Fuja da rotina com estes planos alternativos para o Dia dos Namorados

O dia é de corações e rosas vermelhas mas há como escapar à pirosice, que é como quem diz fugir da rotina como o diabo foge da cruz – e dos jantares à luz das velas, dos filmes românticos, dos passeios de barco no Campo Grande ou do pôr-do-sol no miradouro. Amor com amor se paga, e é sempre possível impressionar a outra metade, seja pela barriga, seja pela ousadia. Para amigas, amigos, amigas e amigos, reunimos alguns planos alternativos para pôr em prática no Dia dos Namorados. Ainda houve tempo de arranjar uma escapatória para os solteiros, que nada têm, mas tudo merecem.  Recomendado: Coisas românticas para fazer em Lisboa 

Quatro sobremesas para o Dia dos Namorados
Restaurantes

Quatro sobremesas para o Dia dos Namorados

Para começar (ou acabar) o Dia de São Valentim em Lisboa com chave de ouro, não há melhor do que um doce guloso. Melhor ainda se for para partilhar com a cara-metade. Estas sobremesas para o Dia dos Namorados são edições especiais, com mais ou menos corações encarnados (a pirosice é permitida neste dia), muitas com frutos vermelhos e camadas de chocolate. Algumas só estão disponíveis mesmo no dia 14 de Fevereiro, portanto siga o rasto dos bolos com suspiro artesanais, dê uma colherada num pote de brigadeiro ou uma boa trinca num éclair.  Recomendado: As melhores pastelarias com fabrico próprio em Lisboa

Sugestões de presentes

25 ideias de presente do Dia dos Namorados  – para ela
Compras

25 ideias de presente do Dia dos Namorados – para ela

Ela disse: "Eu não ligo nenhuma ao São Valentim, não é preciso comprares nada". Aborte a missão, aborte a missão! Inspire-se na nossa lista de sugestões de presente para o Dia dos Namorados – porque se no dia 14 de Fevereiro aparecer de mãos a abanar, para o ano pode ter de celebrar a data com os encalhados.  Temos 25 ideias de presente para o Dia dos Namorados para ela – e nenhuma o vai levar à falência. Das malas aos perfumes, dos jogos à t-shirts com frases bonitas, há de tudo por aqui. Boas compras e bom namoro. Recomendado: 25 ideias de presente do Dia dos Namorados – para ele  

25 ideias de presente do Dia dos Namorados – para ele
Compras

25 ideias de presente do Dia dos Namorados – para ele

É um dia que deperta amores e ódios um pouco por todo o lado, mas essencialmente amor. O que não quer dizer que não surja um ligeiro pânico na hora de escolher o presente perfeito, principalmente se for à última da hora. Se ainda não tratou do presente do próximo Dia dos Namorados, que pode ser noutro dia qualquer além do de São Valentim damos-lhe 25 ideias para todos os bolsos. Assim corre um risco menor de ser acusada ou acusado de ser um amor de meia-tijela. Recomendado: Zoo de Lisboa abre à noite no Dia dos Namorados com programa especial

Os melhores serviços de entrega de flores ao domicílio
Compras

Os melhores serviços de entrega de flores ao domicílio

Um ramo de flores bem arranjadinho é um presente que nunca sai de moda. Para assinalar o nascimento do bebé da amiga, o aniversário da mãe, o dia dos Namorados ou simplesmente para pedir desculpa ou surpreender alguém no local de trabalho. Para ajudar a resolver o problema da falta de tempo para ir escolher o bouquet mais bonito, há serviços de entrega de flores ao domícilio prontinhos a ajudarem (abençoados motoboys). Há opções singelas, mais em conta, ramos com flores secas e outras de todas as cores e feitios que impressionam qualquer um, independentemente da efeméride. Recomendado: As melhores floristas em Lisboa

As melhores floristas em Lisboa
Compras

As melhores floristas em Lisboa

Jarros, malmequeres, peónias, rosas, frésias, girassóis, narcisos e tulipas. A lista continua, até porque as melhores floristas em Lisboa são especialistas em juntar estas e outras flores e em fazer os ramos mais originais da cidade. Das flores aos complementos, dos arranjos mais tradicionais aos avant-garde, descubra os recantos mais floridos de Lisboa e surpreenda com com flores, mas também com outros presentes.

As melhores sex shops em Lisboa
Compras

As melhores sex shops em Lisboa

As lojas de sexo não são sítios obscuros para visitar às escondidas ou com preconceitos. Para apimentar a relação com os últimos brinquedos, para escolher uma lingerie arrojada e surpreender a cara-metade no Dia dos Namorados ou simplesmente para passar um bom bocado, considere uma visita às melhores sex shops em Lisboa

Nove lojas de música em Lisboa para partir os pratos
Compras

Nove lojas de música em Lisboa para partir os pratos

Já sabe que lojas de discos de vinil tem de visitar em Lisboa. Não se lembra? Já fizemos essa lista, é só rever a matéria dada. Mas se está a sentir a criatividade a bater-lhe no peito, precisa de saber onde pode comprar instrumentos musicais ou bater uns pratos sem levar para casa (sim, há uma loja onde é possível). E aproveitamos para lhe dizer onde encontra a gravata perfeita para oferecer àquele amigo que é doido por música. Não se preocupe: estivemos a explorar a cidade e encontrámos os melhores sítios. Temos uma fábrica da música, um museu e até uma Loja com História – mas as sugestões continuam. Só tem de escolher. E, pelo caminho, pode pôr a música em altos berros. Só não se esqueça dos fones. Recomendado: Dez lojas para comprar discos vinil em Lisboa

As melhores lojas para comprar loiça em Lisboa
Compras

As melhores lojas para comprar loiça em Lisboa

Acabaram-se as desculpas para servir o jantar com loiça de meia tigela. Há quem guarde as peças mais bonitas ou mais valiosas para ocasiões especiais, mas — aqui que ninguém nos ouve — todas as refeições devem ser celebradas e acompanhadas por cerâmicas com alguma linhagem. E é difícil resistir a este roteiro que desenhamos e que se vai repartindo por diferentes espaços da cidade. Entre pratos, canecas, tigelas, terrinas e também peças decorativas, a peso ou à peça, dizemos-lhe quais as melhores lojas para comprar loiças em Lisboa. Recomendado: Nove lojas de música em Lisboa para partir os pratos

As melhores concept stores em Lisboa
Compras

As melhores concept stores em Lisboa

Não se assuste com o estrangeirismo, nós explicamos tudo direitinho. As concept stores são lojas com universos próprios, com espaço para moda, decoração, livros, acessórios e até comida. E ninguém se chateia, nem as marcas, nem os designers, nem os artistas, nem os donos das lojas – que só agradecem. Vivem todos em harmonia nestas lojas, como se fossem uma só (e são, na verdade) unidas por um conceito. Todos juntos, fazem destas 25 magníficas a elite do roteiro de compras de Lisboa. Fique a conhecer as melhores concept stores em Lisboa. Recomendado: Vamos às compras? Estas são as melhores lojas no Chiado

As lojas vintage em Lisboa que tem mesmo de conhecer
Compras

As lojas vintage em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Encontrar aquela peça que a mãe deitou fora nos anos 80 ou 90 pode ser difícil e só quem o conseguiu sabe exactamente a sensação. O cheiro, o toque, a torrente nostálgica que nos invade quando, no meio de prateleiras, cabides, arcas e baús voltamos o tempo atrás. O truque é saber exactamente onde e o que procurar – e as opções na capital são vastas. Roupa, brinquedos, mobiliário, raridades, a lista do revivalismo adensa-se. Fique a conhecer o guia das lojas vintage em Lisboa que carregam esse passado e faça uso do clássico sem remorsos – ou seja, como lhe aprouver. Recomendado: Roteiro vintage em Lisboa

Presentes personalizados? É para já
Compras

Presentes personalizados? É para já

Costumizar é a palavra de ordem. Afinal, quem é que não quer ter a camisola, a agenda ou a prancha de surf tal e qual as imaginou? Apresentamos-lhe dez marcas que não olham a meios para encher as medidas à clientela.

Escapadinhas românticas

Sete hotéis românticos em Portugal para uma escapadinha a dois
Hotéis

Sete hotéis românticos em Portugal para uma escapadinha a dois

Fevereiro é o mês mais propício a escapadinhas românticas, mas todos os dias do ano são bons para levar a sua cara-metade a passear – e melhores ainda para experimentar uma nova cama king size ou ver as vistas à mesa do restaurante do hotel. Para não deixar nada ao acaso, fomos à procura de hotéis românticos em Portugal e encontrámos várias propostas nos destinos mais encantadores do país. Conhecidos ou à espera de serem descobertos, perto do centro ou no meio do nada, há propostas para todos os casais, desde o ecológico Areias do Seixo ao melhor hotel resort da Europa. Recomendado: Seis filmes sobre o Dia dos Namorados

Os melhores hotéis românticos em Lisboa
Hotéis

Os melhores hotéis românticos em Lisboa

Que Lisboa é a cidade mais romântica já nós sabíamos, mas que tinha tantos hotéis para levar as escapadinhas românticas a um novo nível foi uma surpresa. Seja com pequenos-almoços na cama ou vistas de cortar a respiração, os melhores hotéis românticos em Lisboa não desiludem.

Os melhores hotéis com jacuzzi no quarto em Lisboa
Hotéis

Os melhores hotéis com jacuzzi no quarto em Lisboa

Entre os melhores hotéis de Lisboa, há uns que convidam mais ao romantismo. Não é fácil encontrar um hotel que tenha jacuzzi no quarto,  mas a verdade é que se tiver uma banheira aos pés da cama ou no terraço, com água aquecida borbulhante, tudo fica melhor. Reunimos os melhores hotéis com jacuzzi no quarto em Lisboa.

Motéis em Lisboa: vai uma rapidinha?
Hotéis

Motéis em Lisboa: vai uma rapidinha?

Para uma rapidinha ou para passar longas horas dedicado ao amor, os motéis multiplicam-se pela cidade e arredores. Alguns até têm garagem para entrar pela porta das traseiras – sem trocadilhos dignos de uma música pimba.

Filmes e séries de amor

Sete filmes mais românticos que os filmes românticos
Filmes

Sete filmes mais românticos que os filmes românticos

Criar uma boa história de amor é uma incógnita. Na vida, que vem sem argumento, é esperar e ver no que dá. Na ficção, por seu lado, é imaginar e fazer. Não é simples, por fina ser a linha entre romantismo e xaropice. Porém há realizadores que conseguem evitar as armadilhas e quebrar o mais empedernido coração – com estilo. Estes sete filmes românticos são a prova disso. 

Onze cenas românticas clássicas do cinema
Filmes

Onze cenas românticas clássicas do cinema

Beijos ardentes, traições dilacerantes, momentos de arrebatamento sentimental, finais trágicos. O cinema está cheio de cenas de amor inesquecíveis ao longo da sua história; de chorar, chorar a rir, franzir o sobrolho, apertar a manta, apertar a pessoa ao lado. É certo que a nostalgia de clássicos como Casablanca ou Tudo o Que o Céu Permite adensa as palpitações e transporta-nos a décadas que gostavamos de ter vivido. Mas a cronologia mais recente também não fez reféns na qualidade do romantismo, oferecendo-nos cenas que replicamos ou queremos muito replicar. Abrace o romantismo e perca-se nestas onze cenas românticas clássicas do cinema. Recomendado: Os melhores filmes românticos

As melhores comédias românticas de sempre
Filmes

As melhores comédias românticas de sempre

As comédias românticas podem ser dolorosamente más – pirosas e esquecíveis, tudo menos cómicas e sem pinga de romance. Mas seria preciso termos um coração de pedra para não nos apaixonarmos pelos melhores exemplares do género. Ocasionalmente hilariantes, às vezes com humor negro e amargo-doce, dificilmente o cinema nos terá dado uma melhor, mais divertida, mas também mais detalhada, anatomia das relações amorosas. Prepare os lenços para rir e chorar com as melhores comédias românticas de sempre, de Uma Noite Aconteceu, de Frank Capra, a Amor de Improviso, de Michael Showalter.  Recomendado: As melhores séries românticas para ver na Netflix

Seis filmes sobre o Dia dos Namorados
Filmes

Seis filmes sobre o Dia dos Namorados

Nem só de comédias românticas se fazem as fitas dedicadas à data, porque há também dramas indie e até animações com Charlie Brown e Snoopy. Nesta meia dúzia de filmes sobre o Dia dos Namorados, encontra ainda nomes como Julia Roberts, Bradley Cooper, Anthony Michael Hall, Shirley McLaine, Nia Vardalos ou Ann Hathaway. Prepare-se para uma sessão de cinema no escurinho do quarto ou da sala de estar e para rir, chorar ou comover-se na companhia do seu namorado ou da sua namorada.. Para o mood perfeito, o melhor é arranjar umas mantas, umas velas cheirosas e um bom vinho. Recomendado: Bares românticos em Lisboa para impressionar num encontro

13 filmes românticos para ver na Netflix
Filmes

13 filmes românticos para ver na Netflix

A oferta cinematográfica na Netflix é muito limitada ou pelo menos relativamente volátil – hoje um determinado filme está lá, amanhã (ou no mês que vem) não sabemos. Mesmo assim, começando por Os Bons Amantes (1986), de Spike Lee, e acabando em Marriage Story (2019), de Noah Baumbach, encontrámos mais de duas mãos cheias de filmes românticos na Netflix que vale a pena ver (ou rever) agarradinho ao mais que tudo ou sozinho e a queixar-se de como o mundo é injusto. Para uma sessão de cinema em casa ou, por que não, num dos melhores hotéis românticos de Lisboa. Recomendado: Motéis em Lisboa: vai uma rapidinha?

As melhores séries românticas para ver na Netflix
Filmes

As melhores séries românticas para ver na Netflix

Ah, o amor. O romance, a paixão, as caras metades e tudo o mais que cabe na temática. Opções não faltam no serviço de streaming para viver o tema intensamente; quer seja de forma pegajosa ou não tanto, a Netflix conta com diversidade suficiente para agradar a todos os lados da barricada. Prepare-se para uma maratona séria de romantismo: vá buscar a manta, a caneca favorita, faça um chá e abuse da cama e do sofá porque preparamos uma selecção de vários títulos a ter em conta. São as melhores séries românticas para ver na Netflix. Recomendado: Dez séries originais Netflix que tem de ver

Músicas românticas

10 versões clássicas de “My Funny Valentine”
Música

10 versões clássicas de “My Funny Valentine”

O musical Babes in Arms, estreado na Broadway em 1937, foi um dos grandes sucessos de Richard Rodgers e Lorenz Hart: ficou em cartaz durante oito meses e teve 289 récitas, viu várias das suas canções – como “My Funny Valentine”, “Where or When”, “The Lady Is a Tramp” – converterem-se em favoritos dos cantores pop e dos jazzmen e foi transposto para cinema em 1939, sob a direcção de Busby Berkeley, um mestre das fantasias coreográficas, e com as irritantes crianças-prodígio Mickey Rooney e Judy Garland nos papéis principais. Numa daquelas bizarrias típicas de Hollywood, na passagem do palco para o grande ecrã quase todas as canções (incluindo “My Funny Valentine”) ficaram pelo caminho. Há que reconhecer que, como declaração do amor de uma mulher (a personagem Billie Smith, no musical) pelo seu amado (Valentine LaMar), “My Funny Valentine” é pouco convencional: o aspecto dele é “risível” e pouco fotogénico (“unphotographable”), o seu “perfil está longe de ser grego” e a “boca é um pouco fraca”. Todavia, é “a obra de arte favorita” dela... Recomendado: Dia dos Namorados em Lisboa

10 breakup songs para remoer desditas amorosas
Música

10 breakup songs para remoer desditas amorosas

Diz-se que o enredo básico da maioria dos filmes clássicos de Hollywood pode ser reduzido a “rapaz conhece rapariga, rapaz perde rapariga, rapaz reconquista rapariga”. Em tempos mais recentes e igualitários, a rapariga pode trocar de lugar com o rapaz, e, em tempos ainda mais recentes e abertos a expressões não-ortodoxas da sexualidade, a equação pode ser reescrita com “rapaz + rapaz” ou “rapariga + rapariga”. Consta que a fórmula foi enunciada explicitamente pela primeira vez na peça Boy Meets Girl, da autoria de Bella Spewak e Samuel Spewak e estreada na Broadway em 1935. A peça era uma endiabrada comédia sobre os bastidores de Hollywood e na versão cinematográfica, realizada três anos depois, James Cagney e Pat O’Brien assumiram os papéis principais, vestindo a pele de dois argumentistas sabidos que se metem em sarilhos. A canção pop só tem três ou quatro minutos para contar uma história, em vez dos 90-100 minutos do típico filme de Hollywood, portanto tende a tomar apenas numa parte do plot-padrão e o episódio “rapaz perde rapariga” (ou o reverso) tem dado canções inesquecíveis. Recomendado: Dia dos Namorados em Lisboa

Sete canções românticas que precisa de ouvir
Música

Sete canções românticas que precisa de ouvir

Na música, o período Romântico cobre quase todo o século XIX e os primeiros anos do século XX. Há quem veja o Beethoven dos últimos anos de vida como o primeiro romântico e Rachmaninov, que continuou a compor música nos moldes oitocentistas muito depois das revoluções operadas por Debussy, Ravel, Stravinsky e a Segunda Escola de Viena, como o último romântico. Nestas contas não costumam entrar os Neo-Românticos da década de 1980, como os Duran Duran e os Human League, cuja contribuição se exerceu menos na área da música do que na do hairstyling & makeup. Se o Romantismo na literatura foi uma invenção germânica, foi também a Alemanha a desempenhar o papel central no Romantismo musical e uma das formas mais cultivadas pelos compositores românticos foi o Lied (plural: Lieder), palavra alemã que tem o significado genérico de "canção", mas que, no contexto da música clássica, costuma designar a canção para voz solo e piano (mais raramente com orquestra) de compositores alemães. Os românticos não inventaram o Lied – Mozart e Beethoven compuseram um bom número deles – e o Lied não acabou com o fim do Romantismo – Schoenberg, Webern ou Eisler também compuseram canções em alemão para voz e piano, mas que são alheias aos padrões do Romantismo.

As melhores músicas de amor de sempre
Música

As melhores músicas de amor de sempre

Com o Dia dos Namorados à porta, pedimos a 11 músicos portugueses para escolherem as melhores músicas de amor de sempre. De Elvis Presley a Air, há canções para todos os gostos e estados civis (comprometidos, solteiros, é complicado...). Uma playlist para ouvir todo o ano – e não apenas no dia 14 de Fevereiro.

Sete peças clássicas inspiradas em Romeu e Julieta
Música

Sete peças clássicas inspiradas em Romeu e Julieta

Os “star-crossed lovers” Romeu e Julieta estão na origem de incontáveis peças de música erudita. Há a contabilizar pelo menos 27 óperas, a primeira das quais foi o singspiel Romeo und Julie, surgido em 1776, pela mão do compositor boémio Georg Benda, a partir de um libreto que desemboca num final feliz, como era convenção na ópera daquele tempo: quando, no túmulo de Julieta, Romeu se prepara para cravar um punhal no peito, Julieta desperta e o par canta um enlevado dueto de amor; para a felicidade ser completa, Frei Lourenço consegue persuadir o pai de Julieta a aceitar Romeu como genro. O tema inflamou a imaginação de libretistas e compositores de ópera italianos (Marescalchi, Zingarelli, Guglielmi, Vaccai) na viragem dos séculos XVIII-XIX, mas nenhuma destas óperas gozou de fama prolongada e acabaram por ser as óperas e a música orquestral surgidas durante o período Romântico a perpetuar hoje a paixão trágica de Romeu e Julieta nos teatros e salas de concerto. No sábado 21 de Janeiro, pelas 18.00, na Fundação Gulbenkian, poderá assistir-se à transmissão directa Live in HD a partir da Metropolitan Opera de Nova Iorque a uma récita do Roméo et Juliette de Gounod, com Diana Damrau e Vittorio Grigolo nos papéis principais, direcção de Gianandrea Noseda e encenação de Bartlett Sher.

Nove grandes duetos de amor na ópera
Música

Nove grandes duetos de amor na ópera

A definição de ópera de George Bernard Shaw – “um tenor e uma soprano querem ir para a cama, mas são impedidos de o fazer por um barítono” – tem algum fundamento, mas é uma base que permite imensas variações

Oito peças clássicas para ouvir junto à lareira
Música

Oito peças clássicas para ouvir junto à lareira

O frio e outras inclemências invernais convidam a que se fique em casa? É uma boa oportunidade para recordar algumas peças de compositores de séculos passados a quem a estação inspirou magnífica música

10 versões de “You Don’t Know What Love Is”
Música

10 versões de “You Don’t Know What Love Is”

Custa a crer que Don Raye (letra) e Gene DePaul (música) tenham composto “You Don’t Know What Love Is” para Keep 'Em Flying (1941), uma desmiolada comédia aeronáutica da dupla Abbott & Costello, que funcionava também como apelo ao alistamento na Força Aérea americana (a II Guerra Mundial estava em curso, embora ainda sem a particpação directa dos EUA). É uma canção que oferece uma visão sombria do que é o amor: “Não sabes o que é o amor/ Até aprenderes o significado dos blues”, devendo aqui os “blues” entender-se no duplo significado do género musical e de uma disposição de espírito depressiva. No filme, a canção era interpretada por Carol Bruce, mas o trecho foi suprimido na montagem final. Ella Fitzgerald deu pela sua existência mas, estando em princípio de carreira, pouco ou nada conseguiu fazer para a difundir. A canção foi repescada para um musical de série B, Behind the Eight Ball (1942) – novamente uma comédia e mais uma vez cantada por Carol Bruce – mas permaneceu arredada dos holofotes até que em meados da década de 1950 Miles Davis e Chet Baker a gravaram e empurraram para a ribalta. “You Don’t Know What Love Is” é uma lição sobre a vida como perda e desilusão: “Até teres vivido uma paixão condenada à perda/ Não sabes o que é o amor// Não sabes como doem os lábios/ Até teres beijado e pagado o preço desse beijo/ Até teres jogado o teu coração e perdido/ Não sabes o que é o amor// Não sabes o que sente um coração perdido/ Quando é assaltado pelas recordações/ E como

Kit casamento

As melhores marcas de jóias de Lisboa
Compras

As melhores marcas de jóias de Lisboa

As melhores marcas de jóias de Lisboa estão mesmo ao virar da esquina. Dos ateliês onde se põem as mãos na massa, às lojas onde abrilhantam as montras, dizemos-lhe quais as grandes joalheiras da cidade.

Casamento gay? Este assunto é com ele
Gay

Casamento gay? Este assunto é com ele

Rui Antunes tenta manter o ar impecável dentro do fato de cerimónia por entre os milhares de turistas que se atravessam no caminho na subida para o Castelo de São Jorge. Ossos do ofício de um wedding planner – mais ainda, de um wedding planner de casamentos gays, esse nicho de mercado que o levou a criar a empresa Gay Wedding PT, juntamente com outro sócio.“Trabalhamos mais com turistas, que nos procuram mais ou na Primavera ou depois do Verão, quando está menos calor”, conta. Melhor, pelo menos para quem tem de vestir camisa e fato debaixo de um sol abrasador. A ideia de organizar casamentos gays partiu de uma outra empresa sua, já com 11 anos e mais virada para eventos de empresas (inclusive diz já ter feito “uma banheira” para uma marca de bebidas numa festa Time Out).“A nossa empresa também já fazia casamentos hetero [parece que continua a organizá-los] e, entretanto, em 2012, fomos solicitados por duas senhoras que queriam casar e lembrámo-nos que seria interessante focarmo-nos numa coisa mais específica, principalmente a pensar nos estrangeiros que vêm cá para casar”, conta. “Até porque Portugal é um dos poucos países em que isso é permitido.”As leis mudam consoante os países e alguns casamentos entre pessoas do mesmo sexo perdem validade fora de Portugal. “Por exemplo, na Alemanha não são reconhecidos, mas já significam mais do que uma união de facto comum.”Talvez por isso, lidar com a papelada é a parte mais difícil de organizar num casamento deste género. Mais do que

Oito marcas portuguesas para noivas
Compras

Oito marcas portuguesas para noivas

Daqui para a frente, já sabemos como é que vai ser: casamento atrás de casamento, um non stop de vestidos brancos e marisco a dar com um pau. Mas, no que toca ao grande dia, a gamba do Algarve não é o único produto nacional. Há pelo menos oito marcas portuguesas que têm uma palavra a dizer na hora de compor a noiva. Do vestido aos sapatos, das jóias ao bouquet, se não for para este ano, ficam já de olho para o próximo.

As melhores lojas de vestidos para casamento
Compras

As melhores lojas de vestidos para casamento

Está oficialmente aberta a época dos casamentos e se as noivas estão a mil, as convidadas não andam muito longe. Há quem tenha um, dois, três, quatro, cinco casamentos até ao fim do Verão, o que faz da caça ao vestido uma tarefa das mais duras que há. Se for da equipa das precavidas, já vai ter tudo decidido. Se tem andado a empurrar com a barriga, então esta lista das 12 melhores lojas de vestidos de casamento para convidadas em Lisboa vai dar-lhe jeito. Não tem de quê.